Lucas Paquetá e Neymar
LUCAS FIGUEIREDO/CBF
Lucas Paquetá e Neymar


Parceiro nas dancinhas e dentro de campo. Assim o meio-campo Lucas Paquetá definiu sua relação com Neymar, em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira (9), antes do segundo treinamento da Seleção Brasileira em São Paulo.

- A gente vem se entendendo bastante dentro de campo e fora do campo também. Ele tem me ajudando muito, dando muito apoio para que eu possa desenvolver o meu melhor futebol e estar ajudando não só ele, como os todos os jogadores dentro de campo. Acho que o que a gente tem em comum é o prazer de vestir a camisa da Seleção Brasileira, a vontade de querer ganhar os jogos e de conquistar grandes coisas -

A dupla tem dividido a responsabilidade de armação do Brasil nos últimos jogos e quando a bola tem entrado também dividem as coreografias.

Leia Também



- O Neymar é o nosso principal jogador, é um ídolo para mim, e jogar ao lado dele já é um motivo muito especial para mim. Quando eu vivi momentos difíceis, até mesmo aqui na seleção, ele chegou, falou comigo, para ter calma, que eu era um grande jogador, que eu poderia contribuir bastante. Acho que são coisas como essa, essa atitude dele, que me tranquilizaram e me deram confiança para estar podendo dar meu melhor, ajudando ele e meus companheiros. Além da amizade e alegria que a gente tem, combinar as dancinhas após os gols, é sempre uma coisa muita descontraída, que vem acontecendo com muita naturalidade e graças a Deus estamos fazendo bem dentro de campo - comentou o jogador da Seleção.

E a parceria do meia na Seleção não é só com Neymar, mas com outro destaque, o atacante Vinicius Júnior, que tem sido um dos grandes nomes do Real Madrid nesta temporada e iniciou a carreira fazendo dupla com o Paquetá no Flamengo.

- Fico muito feliz pelo momento do Vinícius Jr. É uma coisa que ele sempre buscou, batalhou, sempre se dedicou para viver. E agora as coisas estão acontecendo muito bem para ele. Acho que é mérito de um grande trabalho que ele vem fazendo - disse Lucas Paquetá.

- A gente tem uma amizade muito forte, a mesma, pra ser sincero. Eu acho que adaptação é tudo, ele vem crescendo, se desenvolvendo, se tornando um jogador cada vez mais forte - acrescentou.

Nesta temporada passada, Lucas Paquetá foi contratado pelo Lyon, da França, após dois anos no futebol italiano, atuando pelo Milan. Pela equipe francesa, já são 16 gols e 10 assistências em 51 partidas, o que faz com que o atleta considere viver a sua melhor fase e classifique o bom momento também a sua família.

- Melhor momento da minha carreira não é a toa. É por ter os dois pequenos na minha casa, minha esposa do meu lado. Estou me sentindo um pai incrível, claro que também errando, aprendendo com meus erros. E tento ajudar o máximo que eu posso, ela me ajuda bastante, me dá todo o apoio. Chegar em casa e ver a felicidade, o sorriso dos meus filhos é algo que está me dando um combustível, algo a mais, e por isso as coisas estão fluindo muito bem - disse Paquetá.

Luca Paquetá chegou a São Paulo na manhã desta terça-feira (9) e fará o primeiro treino com a Seleção na tarde desta quarta-feira (10).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários