Felipão aposta em vitória do Palmeiras na final da Libertadores
Reprodução/Twitter
Felipão aposta em vitória do Palmeiras na final da Libertadores

Abel Ferreira vai, em breve, viver somente o que o Luiz Felipe Scolari (veja fotos na galeria abaixo)  experimentou como técnico do Palmeiras: disputar duas finais seguidas de Copa Libertadores à frente do time. O português, inclusive, pode ter melhor sorte do que Felipão caso vença o  Flamengo no dia 27 de novembro, em Montevidéu.



No que depender do ex-treinador palmeirense, Abel terá mais um capítulo de glória sob o comando do Alviverde em pouco mais de um de trabalho no Brasil.

- Vencemos em 99 e fomos à final em 2000. Igual ao conquistado agora o que é maravilhoso. Vamos vencer agora com a estratégia, a convicção do Abel, do grupo todo e, inclusive, com a nossa torcida palmeirense. Aos torcedores, vou pedir para acreditarem no time, nas dificuldades que teremos no jogo. Temos qualidade, temos time, temos um técnico dedicado e estudioso e, com esforço de toda equipe, vai conseguir este título - disse Luiz Felipe Scolari em entrevista exclusiva ao LANCE!/NOSSO PALESTRA.

Leia Também

Campeão brasileiro em 2018, Felipão relembrou a campanha do decacampeonato nacional do Alviverde, exaltando o relacionamento que tinha com os atletas do clube.

- Antes de chegar ao clube já tinha algum conhecimento de alguns atletas e como sempre fiz até hoje, quero trabalhar como se fôssemos uma família e agíssemos como família. Fui bem entendido e os atletas fizeram um vestiário magnífico. Amizade, respeito, aceitação, assimilação em todos os sentidos e amor ao clube em que trabalhavam foram importantes para vencer. Analisamos os campeonatos e vimos que todos seriam utilizados e todos dariam suas contribuições nos campeonatos. E foi assim. Jogávamos com uma equipe no domingo e nas copas mudávamos seis ou sete atletas e todos estavam prontos. Todos queriam. E tenho absoluta certeza de que foi isso que nos levou a grandes jogos - recordou o ex-comandante palmeirense.

Leia Também

Importante, também, na história da seleção portuguesa, levando a equipe lusitana à sua primeira final de Eurocopa, Felipão tem uma relação antiga com Abel Ferreira. Quando comandante, o treinador foi o responsável pela primeira, e única, convocação do ex-lateral direito. Por isso, exaltou o trabalho e trajetória do atual técnico alviverde.

- Fico extremamente feliz com esta comparação. Abel foi meu atleta na seleção portuguesa e sempre foi assim. Responsável, ama o que faz, sempre trabalha com determinação pelo clube e onde está, é o principal defensor deste ambiente. Gosto do seu jeito, gosto do seu trabalho e gosto como se comunica - completou Felipão.

Felipão teve três passagens pelo Palmeiras. No clube, conquistou duas Copas do Brasil (1998 e 2012), uma Libertadores (1999), uma Copa Mercosul (1998), um Torneio Rio-São Paulo (2000) e um Brasileirão (2018).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários