Madson celebra após abrir o placar na Vila Belmiro
FOTO: IVAN STORTI / SANTOS FC
Madson celebra após abrir o placar na Vila Belmiro

Em partida atrasada da 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Santos deu um importante passo na luta contra o rebaixamento e venceu o Fluminense, na Vila Belmiro, por 2 a 0. Madson e Diego Tardelli fizeram os gols da partida.

(Veja abaixo galeria de fotos do jogo)


Com o resultado positivo, o Peixe alcança os 32 pontos, ultrapassa o Juventude, salta para o 16º lugar e sai da zona de rebaixamento do Brasileirão. O Tricolor da Laranjeiras deixa de somar sua terceira vitória consecutiva e estaciona nos 38 pontos, ficando no 8º lugar.

No sábado (29), às 17h, os comandados de Carille encaram o Athletico-PR na Arena da Baixada, pela 29ª rodada. No dia seguinte, às 16h, a equipe de Marcão vai até o Castelão, medir forças com o Ceará.

COMEÇO ANIMADOR DO SANTOS
A partida começou sob forte chuva na Vila Belmiro, e a equipe da casa era quem ditava o ritmo nos minutos iniciais. Em cobrança de escanteio, o Santos quase abriu o placar. Felipe Jonatan cobrou fechado, Madson cabeceou e Marcos Felipe fez a defesa. A bola ainda bateu no travessão e não entrou.

No lance seguinte, Marcos Guilherme fez jogada pela esquerda, puxou pelo meio e bateu firme. Novamente, o goleiro do Flu saltou para fazer boa defesa.

Após suportar a pressão inicial, o Fluminense conseguiu equilibrar as ações e teve sua primeira chance aos 16 minutos, em chute de fora da área de André. A bola passou raspando o travessão. Ambas equipes tinham dificuldades para acertar os passes, e o ritmo de jogo caiu na Vila Belmiro.

MADSON ABRE O PLACAR NA VILA
A equipe da casa era melhor e fez o primeiro gol após chutão da defesa do Flu. A bola se ofereceu para Zanocelo, e o meia achou lançamento primoroso nas costas de Marlon. Madson apareceu sozinho e testou para baixo, cruzado, inaugurando o marcador.

Leia Também

Aos 40 minutos, o Santos teve boa oportunidade para ampliar o placar, com falta próxima à área. Marcos Guilherme cobrou por cima da barreira, e a bola passou por cima.

A temperatura da partida subiu nos minutos finais do primeiro tempo após um enrosco entre John Kenedy e Zanocelo, e ambos foram amarelados.

FLU NO ATAQUE APÓS O INTERVALO
No primeiro minuto da segunda etapa, Arias fez jogada pela esquerda e cruzou para a área. John Kennedy ajeitou para Yago. O meia bateu forte da entrada da área, e a bola foi para fora. O Flu voltou do intervalo com maior ímpeto ofensivo.

Aos 7 minutos, Carille se viu obrigado a tirar Felipe Jonatan, que vinha atuando pelo meio, já que o atleta sentiu uma lesão muscular. Vinicius Balieiro foi o substituto escolhido.

PEIXE AUMENTA EM CONTRA-ATAQUE LETAL
Apesar de controlar a posse de bola e criar as melhores chances de gol no segundo tempo, o Fluminense novamente errou na reposição de bola, e sofreu o segundo gol.

Marcos Felipe deu chutão para frente, Madson fez o corte e iniciou o contra-ataque santista. Marinho aproveitou a vantagem, conduziu pela direita e devolveu para Madson. O lateral cruzou rasteiro, e Diego Tardelli completou para o gol vazio, anotando seu primeiro tento nesta passagem pelo Peixe.

Após o gol de Tardelli, tanto Carille quanto Marcão promoveram mudanças em suas equipes, especialmente no setor ofensivo. Em uma dessas alterações, Marinho recebeu amarelo ao se estranhar com David Braz antes de deixar o gramado.

TRICOLOR DAS LARANJEIRAS NÃO CONSEGUE MARCAR
Precisando de um gol para poder sonhar com o empate, o Fluminense até chegava com perigo, mas parava em João Paulo. Abel Hernández teve duas chances. Na primeira, chutou para fora, e na segunda, bateu com pouca força no gol.

Nos minutos finais, o Santos soube neutralizar os ataques da equipe carioca e conseguiu os três pontos, como também não ser vazado em seus domínios. AInda, no último lance, Lucas Braga quase fez um golaço de fora da área.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários