Marcelinho Carioca
Divulgação
Marcelinho Carioca

O ex-jogador  Marcelinho Carioca  participou na última quarta-feira do programa 'Pega Essa Ronaldo', com Ronaldo Giovanelli, transmitido pela 'Corinthians TV' direto da Neo Química Arena. Apesar de ser ídolo do clube e estar 'em casa', o 'Pé de anjo' não poupou palavras para falar do trabalho do amigo Sylvinho  e do ídolo da equipe Cássio.

(Veja abaixo galeria de fotos de Marcelinho Carioca)


Para Marcelinho, Cássio estaria 'um pouco largo' e 'precisando ouvir' conselhos apesar de admitir a importância do arqueiro para a história do clube.

- Cássio, vem cá: 'Você não sabe jogar com os pés, você não sai do gol, você está um pouquinho largo'. Puta de um goleiro, campeão, história brilhante, ídolo, mas se não está em uma boa fase tem que escutar. Você escuta quem tem bagagem, quem tem moral: 'vai pela esquerda porque eu já fui por aqui e já fui campeão'. O Sylvinho como ainda não construiu essa redoma, esse lastro para ser campeão a palavra dele ecoa, não tem aquela firmeza - afirmou o ex-jogador do Corinthians.

Leia Também

Sobre Sylvinho, Marcelinho disse que o comandante do Timão não está fazendo tudo o que pode no comando da equipe e deu algumas dicas do que ele acha que deve ser mudado.

- Ele (Sylvinho) tem (capacidade), mas não está fazendo. Posso dizer porque tenho intimidade com ele, foi meu companheiro de quarto de 1995 a julho de 1999. Por isso que eu chamo ele de 'Vitamina' e tenho essa intimidade com ele. O Sylvinho sabe que o Gustavo Mosquito tem que jogar aberto, o Roger Guedes tem que botar aberto do outro lado. Chamar o GP e deixar ele ali no meio para construir. Chama o Giuliano e fala assim: 'o teu passe só está para o lado, amigo'. É para dar passe agudo, lançamento, arriscar, chutar. Aí é mole - disse.

O 'Pé de Anjo' cornetou até o estilo visual de Sylvinho em dias de jogos e comparou o amigo ao apresentador da Globo, Luciano Hulk.

- Por que está com aquela porra daquela camisa com a manga aberta igual ao Luciano Huck? Fecha a porra da manga ou então coloca um agasalho porque aqui é Corinthians, mano! A calça está apertada. Não tem nada a ver com a vida dele ou com a roupa dele, mas as pessoas falam, eu falo de boa. Estou de fora, não estou dentro do olho do furacão. O Sylvinho é terrão, o Sylvinho é Corinthians, ele ama o Corinthians e sabe o que representa o Corinthians, mas não é o Guardiola, aqui não é a Europa. Ele tem que colocar a panagem do Corinthians - finalizou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários