Hulk
Divulgação
Hulk

Em grande fase no Atlético Mineiro, o atacante Hulk, que brilhou na Ásia e na Europa antes de voltar ao Brasil, deu entrevista ao jornal espanhol AS. Nela, falou sobre uma possível volta ao Velho Continente e também deixou claro que não jogaria em outro clube brasileiro se deixasse o Galo.

O brasileiro, que já soma 326 gols em sua carreira, apontou que quase atuou na Espanha, mas recusou uma proposta do Atlético de Madrid, antes de fechar com o Porto.

"Em 2008, quando fui para o Porto, tinha duas propostas e podia escolher entre o Porto e o Atlético de Madrid. Escolhi o Porto por conta de um episódio, onde estive em Portugal em 2001 ou 2002, e fui ver um jogo do Porto. Entrei no estádio das Antas, acho que era um jogo da Taça UEFA ou da Champions League e estava tudo cheio, a casa estava cheia. Eu vi aquele palco maravilhoso e disse que um dia jogaria lá e faria história. Quando recebi a proposta, lembrei-me daquele momento. Claro, quando voltei era no estádio do Dragão. Mas isso foi profetizado, tive oportunidade de vestir a camisa do Porto. O Atlético de Madrid é uma equipa mundialmente respeitada, uma grande equipe, mas a escolha de ir para o Porto foi muito acertada", revelou.

Sobre um retorno à Europa, Hulk deixou a possibilidade em aberto, porém, já tem uma definição sobre atuar em outro time brasileiro.

"É uma pergunta difícil de responder neste ponto. Até porque no futebol tudo acontece muito rápido. Estou no Atlético há oito meses e parece que cheguei ontem. Temos que aproveitar ao máximo. Estou muito feliz, não posso negar. Estou satisfeito. É muito gratificante voltar ao seu país depois de 16 anos e fazer um trabalho muito bem feito em um clube que me abriu as portas, em um clube com a grandeza que o Atlético tem. O que posso responder é que hoje não me vejo em outro clube que não o Atlético. Você nunca sabe o que será amanhã, se eu jogarei na Europa novamente. Mas, no Brasil, até pela forte ligação que criei com o Atlético e com a torcida, não me vejo jogando por outro time", cravou.

Sobre a proximidade de títulos pelo Galo, o jogador disse que o foco sempre foi o Brasileirão. "O Campeonato Brasileiro sempre foi nosso foco, não é porque saímos da Libertadores que mudamos nosso foco. Queremos vencer desde o início, a gente enxerga isso como o nosso objetivo, assim como a Copa do Brasil, como foi com o Campeonato Mineiro. É trabalhando muito e mantendo a humildade que teremos a oportunidade de realizar esse sonho de vencer o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil", concluiu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários