Nos últimos anos, as apostas esportivas se tornaram um hobby (e até mesmo profissão) de milhões e milhões de pessoas espalhadas pelo globo terrestre. A grande maioria dessas pessoas, porém, fazem apostas casuais e não se aprofundam no assunto. Em contrapartida, outras estudam bastante sobre as apostas e adotam uma abordagem mais profissional dentro das casas de apostas. No fim, o objetivo de todos os apostadores é o mesmo: bater as casas de apostas!

Apostas esportivas movimentam muito dinheiro
Reprodução
Apostas esportivas movimentam muito dinheiro

Mas, apesar de vários anúncios espalhados pela internet afirmarem que é possível ganhar muito dinheiro assistindo aos jogos do Campeonato Brasileiro e da Liga dos Campeões, a dura realidade é que poucas são as pessoas que conseguem ser lucrativas a longo prazo dentro das casas de apostas. De acordo com um estudo feito pela BBC, estima-se que apenas 5% dos usuários ativos conseguem obter ganhos recorrentes dentro das bookies europeias. Este número é extremamente baixo e mostra que, antes de ficarmos excitados com a possibilidade de nos tornarmos apostadores profissionais, precisamos ter certeza de que conhecemos a realidade por trás das  apostas esportivas e das casas de apostas.

As Chances estão contra Você!

A primeira realidade que temos que entender é que as chances estão contra nós! Você já ouviu falar naquela frase de que “a casa sempre ganha”? Pois bem, esta frase é muito famosa em Las Vegas e explica muito bem o porquê de 95% dos apostadores não conseguirem ser lucrativos a longo prazo dentro das casas de apostas. Esta frase indica que as chances (representadas pelas odds) sempre estão contra você!

Para entender como isto funciona, vamos voltar à nossa primeira infância e lembrar da brincadeira do “Cara ou Coroa”. Se você possui um conhecimento básico de probabilidade, sabe que nessa brincadeira há uma chance de 50% da moeda cair no cara e uma chance de 50% da moeda cair no coroa. Pois bem, considerando que a chance de dar cara ou coroa é a mesma (50%), e tendo conhecimento de como as cotações das casas de apostas são calculadas com base nas probabilidades, é possível dizer que as odds oferecidas pelas casas de apostas para o cara e coroa seriam de 2.00 para cada possibilidade, correto? Não!

Embora este raciocínio esteja correto, não é assim que as casas de apostas abordam as probabilidades. Por conta de um mecanismo conhecido como “Juice”, as cotações do cara e do coroa seriam reduzidas de 2.00 para 1.90 (ou até mesmo para 1.83 cada). Para quem não está familiarizado com o termo, o juice funciona basicamente como uma comissão. Comissões estas que são cobradas pelas casas de apostas em cima dos próprios clientes. É como se fosse um imposto que você paga ao fazer uma aposta.

O que precisa ficar claro aqui é que, por conta do juice, uma cotação disponibilizada pelas casas de apostas nunca representa o valor justo, ou seja, a probabilidade real daquele evento acontecer. O juice existe justamente para garantir o lucro das bookies independente do resultado final do evento em questão. Afinal, as casas de apostas não podem correr o risco de perderem grande parte do seu capital em uma única partida.

Por conta do juice, as casas de apostas costumam ser extremamente lucrativas e é por isso que surgem novas empresas desse ramo a cada ano. Também é por isso que as gigantes do mercado europeu, como a Bet365, a 1xbet e a Betano, faturam na casa dos bilhões!

Jogo de Xadrez

Se engana quem pensa que o juice é o único mecanismo que joga contra os apostadores dentro das casas de apostas esportivas. A maioria dos apostadores iniciantes acredita que o objetivo das bookies ao oferecer cotações nas partidas de futebol é prever o que acontecerá ao final daquele evento. No entanto, esta não é a realidade. A realidade é que, ao disponibilizar cotações em partidas de futebol (ou qualquer outro esporte), o objetivo da casa de apostas é prever a quantidade de entradas que serão feitas para ambos os lados. Ou seja, a bookie não está interessada em saber quem vencerá o jogo. Ela está interessada em saber em que time ou jogadores você vai apostar! É como se fosse um jogo de xadrez, onde você nem mesmo sabe que está jogando!

Portanto, numa partida entre Fortaleza e Flamengo, onde a cotação oferecida para a vitória do Fortaleza é de @3.20 e a cotação oferecida para a vitória do Flamengo é de @2.40, a casa de apostas prevê que uma quantidade semelhante de apostadores farão apostas a favor do Tricolor do Pici e do Rubro-Negro Carioca. Com uma quantidade semelhante de dinheiro aportado em ambas equipes, a bookie tem lucro garantido, independente do resultado final da peleja.

Casas de Apostas erram?

A boa notícia é que nem sempre as  casas de apostas esportivas acertam na precificação das odds e é neste cenário que os apostadores costumam bater as bookies. Recentemente, o vice-presidente de comunicação da Caesars Sportsbook (casa de apostas pertencente a um dos maiores cassinos do mundo, que fica localizado em Las Vegas) deu uma declaração de que sua casa de apostas errou feio na precificação de um jogo de futebol americano universitário entre as universidades de Akron vs Bowling Green.

Nesta partida em questão, válida pela semana 6 da temporada regular da NCAA,, a Caesars Sportsbook (casa de apostas presente apenas nos Estados Unidos) definiu Bowling Green com um favoritismo de sete pontos. No entanto, 30 minutos após a abertura do mercado, este favoritismo subiu para 14 pontos. Isso aconteceu porque 100% do dinheiro foi apostado a favor da vitória de Bowling Green sobre Akron, fazendo com que a linha se movesse de sete para 14 pontos em um período de apenas meia hora.

Esta movimentação da linha do spread foi tão impressionante que o vice-presidente da Caesars Sportsbook foi à público, em uma entrevista dada à ESPN, e afirmou que sim, de vez em quando as casas de apostas erram! Esta é uma boa notícia para aqueles apostadores que buscam se especializar em competições específicas, com o intuito de se aproveitar de erros como este, cometido pelos oddsmakers em uma partida do College Football.

Leia Também

Leia Também

Limitação de Apostas

Apostas esportivas estão em alta no Brasil: veja como lucrar com o seu time
iStock
Apostas esportivas estão em alta no Brasil: veja como lucrar com o seu time

Apesar dessa boa notícia, temos uma má notícia para te contar: algumas casas de apostas esportivas costumam limitar as apostas daqueles apostadores que são muito lucrativos dentro das mesmas. Esta prática é extremamente condenada pelos apostadores profissionais e os obrigam a migrar das casas de apostas europeias (onde esta prática é mais vista) para as casas de apostas asiáticas (onde esta prática não é difundida). Se você pretende faturar centenas de milhares por ano dentro de uma bookie, é necessário saber dessa informação!

Além disso, por contarem com um capital de investimento muito maior do que os apostadores, as casas de apostas podem se reservar no direito de não aceitarem apostas em certos mercados. Ou ainda podem determinar limites para entradas nos mercados de match odds (também conhecido como mercado de probabilidade), gols, escanteios e cartões. Com tamanha possibilidade de limitação, é de suma importância “saber onde você está se metendo” ao querer se transformar num profissional das apostas esportivas.

Paciência vs Impulso

Alguns apostadores e traders profissionais defendem que para validar um método de apostas é necessário ter feito, no mínimo, 1.000 entradas naquele mercado. Pois bem, a grande maioria das pessoas que entram nas apostas esportivas nunca ouviram falar dessa realidade e entram neste universo seduzidas pela facilidade vendida pelos marketeiros de plantão - que em 100% das vezes estão vendendo ilusão.

Pela falta de paciência - e até mesmo de tempo -, os apostadores iniciantes não se preocupam em desenvolver (ou até mesmo copiar dos profissionais) e validar um método. Seduzidos por sequências de greens enganosas, na maioria das vezes compartilhadas em grupos do Telegram e do WhatsApp, estes novos apostadores focam muito mais nos resultados (rios e rios de dinheiro assistindo aos jogos do Campeonato Brasileiro) do que no processo (horas e horas de estudos para desenvolver e validar um método de apostas).

Não nos entendam mal, é da natureza humana poupar energia, manter-se na zona de conforto e sempre buscar o caminho mais fácil para o objetivo final. Foi dessa forma que sobrevivemos nos tempos da caverna e construímos as complexas sociedades em que vivemos atualmente. No entanto, a partir do momento em que entendemos que não existem facilidades no universo das apostas esportivas, faz-se necessário desenvolver uma abordagem mais profissional, com foco na validação de métodos de apostas que nos garantem a tão almejada lucratividade no longo prazo. É chavão, mas não tem como não citar aquele famoso ditado que diz que “estamos numa maratona e não num sprint”.

O Mito dos Grupos VIPs e da Alavancagem

Se você está imerso neste universo há mais tempo, provavelmente já deve ter ouvido falar em grupos VIPs que garantem 100% de lucro em menos de um mês. Ora, se nem no mercado financeiro há garantia de ganhos futuros, porque nas apostas esportivas haveria?! Na grande maioria das vezes, grupos VIPs servem apenas para um fim: enriquecer os idealizadores dessa “grande ideia”.

Raciocina comigo: você descobriu a fórmula para a riqueza e, ao invés de utilizá-la para ficar bilionário, você a vende por um preço de banana, com a (falsa) promessa de enriquecer outras pessoas… Não tem como cair nessa né?! Ainda assim, é impressionante observar o grande número de pessoas que caem neste tipo de golpe, acreditando que realmente é possível ter 100% de certeza acerca do resultado final de uma partida.

Nem mesmo quando as partidas são compradas a máfia tem certeza do resultado final. Logo, por que haveria certeza do resultado final num simples grupo VIP?!

Se não acredita na última afirmação, basta lembrar daquele jogo entre Juventude vs Figueirense, válido pelo Campeonato Brasileiro de 2005. O árbitro daquela partida, Edilson Pereira de Carvalho (pivô da Máfia do Apito), tinha o intuito de favorecer uma vitória do Ju sobre o Figueira. No entanto, Edilson não contava com a grande performance do craque Edmundo, que assinalou um hat-trick em Caxias do Sul e liderou o Figueirense na vitória por 4 a 1 em pleno Alfredo Jaconi.

Se nem com o juiz em campo o resultado apostado pelos mafiosos aconteceu, por quê então você confiaria num grupo VIP?! Não é muito mais interessante se especializar nas ligas e desenvolver um método próprio, trazendo a responsabilidade dos resultados para si mesmo?! Não temos a menor dúvida de que esta é a melhor abordagem dentro das casas de apostas!

Conclusão

Com todas estas informações, não queremos te desestimular e te forçar a desistir das apostas esportivas. Muito pelo contrário. O nosso intuito aqui é apresentar com veracidade a dura realidade de um apostador profissional, que costuma trabalhar mais horas por dia do que um funcionário CLT. Antes de mergulhar de cabeça nas apostas esportivas, é necessário saber onde você está se metendo e como as chances sempre jogam contra você dentro das casas de apostas.

Sun Tzu já dizia no clássico “Arte da Guerra” que para vencer uma batalha é necessário conhecer as forças e as fraquezas do inimigo. Com este artigo, você pôde desenvolver um pouco mais de senso crítico e está mais ciente de que é extremamente difícil se tornar um apostador lucrativo a longo prazo dentro das casas de apostas. Ainda assim, sabe que é possível se preparar da melhor forma para atingir tal objetivo. Mas para isso é necessário muito estudo e dedicação! Seja qual for a sua abordagem nas casas de apostas esportivas daqui para frente, te desejamos a melhor sorte do mundo!

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários