Zé Rafael celebra com o elenco do Palmeiras após marcar contra o Ceará
Foto: Cesar Greco / Palmeiras
Zé Rafael celebra com o elenco do Palmeiras após marcar contra o Ceará

Em partida atrasada da 19ª rodada do  Brasileirão,Palmeiras  venceu o Ceará por 2 a 1 na Arena Castelão. Zé Rafael e Deyverson fizeram para os visitantes, e Cléber descontou. Os paulistas não venciam o Vozão em Fortaleza desde 1997. Em Campeonatos Brasileiros, isso não acontecia desde 1973.

(Veja abaixo galeria de fotos do jogo)


Com o resultado, o Verdão chega aos 46 pontos, ultrapassa o Fortaleza e passa a ocupa o 3º lugar na tabela. Este é o quinto jogo seguido sem vitórias do Vozão, que estaciona no 14º lugar.

No sábado (23), às 17h30, a equipe de Tiago Nunes vai até o Alfredo Jaconi encarar o Juventude. Na segunda-feira (25), os comandados de Abel Ferreira recebem o Sport, no Allianz Parque, às 21h30.

BOM INÍCIO DO VOZÃO
A partida começou movimentada no Castelão. Aos 3 minutos, Lima cruzou da esquerda para direita. Fernando Sobral pegou de primeira, e a bola acertou a rede pelo lado de fora.

Próximo da metade do primeiro tempo, o Ceará equilibrou a posse de bola e passou a rondar a área de Weverton. Do lado alviverde, Rony era o jogador mais acionado da equipe, pelo lado direito.

Aos 25, Marlon recebeu na entrada da área e fez boa jogada com Gabriel Santos, mas o atacante furou o chute. No lance seguinte Piquerez reclamou de pênalti após trombada dentro da área.

WEVERTON SALVA O VERDÃO
O Vozão crescia na partida e, em jogada ensaiada de falta, ficou perto de abrir o placar. Aos 36, Kelvyn tocou para Lima, que ajeitou para Erick. O camisa 97 bateu no canto, e Weverton evitou o gol.

Leia Também

Quatro minutos depois, Weverton fez outra grande defesa. Sobral avançou pela direita e cruzou para a entrada da área. Vina pegou forte, e o goleiro do Verdão mostrou reflexo e mandou para escanteio.

GOLAÇO DE ZÉ RAFAEL
O Palmeiras não conseguia incomodar os mandantes, mas na bola parada, os paulistas abriram o placar no último lance do primeiro tempo. Luiz Otávio parou ataque com a mão e o juiz assinalou falta. Próximo da área, Zé Rafael chutou por cima da barreira, e inaugurou o marcador no Castelão.

LUIZ ADRIANO QUASE ESPANTA MÁ FASE
Após o intervalo, o Ceará voltou com o mesmo ímpeto ofensivo, e o Palmeiras seguia apostando em uma marcação baixa e nos contra-ataques. Lima tentou dois chutes de fora da área, que passaram perto do gol nos minutos iniciais.

E na jogada de velocidade com Rony, o Verdão chegou a ampliar a vantagem. O camisa 7 avançou pela direita, cortou a marcação e tocou para Luiz Adriano. O camisa 10 deslocou Richard, mas o bandeira deu impedimento, que teve a análise do VAR.

ABEL MUDA, E PALMEIRAS AMPLIA
O Vozão seguia em busca do empate, e Gabriel Lacerda, aos 17 testou firme para nova defesa de Weverton. Contudo, a bandeira de impedimento já estava levantada no lance.

Apesar das chances, foi o Alviverde quem conseguiu o gol no segundo tempo. No seu primeiro toque na bola, Gustavo Scarpa recebeu pela esquerda e cruzou rasteiro para Deyverson. O atacante, que havia entrado na vaga de Luiz Adriano, escorou para as redes.

CLÉBER DEIXA O FINAL EMOCIONANTE
Mesmo com dois gols de desvantagem, a equipe da casa não diminuiu o ritmo, mas estava sem sorte. Em escanteio cobrado por Jorginho, a bola passou por todo mundo.

Aos 43 no entanto, após vacilo de Piquerez, o Ceará recuperou a bola no ataque. Jorginho rolou para Cléber. O atacante girou para cima da marcação, chutou no canto, e diminuiu o placar. Mesmo com o gol, a equipe da casa não conseguiu o empate, e saiu do Castelão derrotada pelo Palmeiras, que teve um gol de Gabriel Veron anulado no final da partida.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários