Andres Rueda falou sobre atual situação do clube
Reprodução/Instagram
Andres Rueda falou sobre atual situação do clube


O presidente do Santos, Andres Rueda (confira galeria abaixo) , em entrevista concedida ao Portal Meu Peixão, voltou a falar sobre a situação financeira do clube. O mandatário santista rebateu críticas por falta de contratações de ‘peso’ e usou como explicação a falta de dinheiro e o momento turbulento que o Peixe vive.


Leia Também

- O Rueda não chora as pitangas (sobre sempre falar sobre dívidas). Vocês que colocam na cabeça que eu estou chorando. Vocês fazem perguntas que eu preciso dar explicações. O clube está quebrado, ninguém quer entender. Não adiantar chorar com ‘eu gostaria de ter tal jogador com R$ 1 milhão de salário’, porque não foi lá e trouxe o Roger Guedes... O nosso clube está quebrado. Vocês não querem entender - disse Rueda.

O presidente também que lembrou que as contas estão em dia no clube. Os salários dos jogadores estão sendo pagos rigorosamente na data correta, além de acordos de dívidas antigas como por exemplo de Cleber Reis, com o Hamburgo, Aguilar, com o Atlético Nacional, Soteldo, com o Huachipato e a mais recente, com Cueva e Krasnodar.

- Eu convido todo mundo, vê se alguém aparece. Está aberta a porta da minha sala para ver as contas. Vem ver como estamos. Não existe disso de passa mão no telefone. Entrou muito dinheiro para tentar salvar, como vocês acham que nossa folha está em dia? Por que as contas estão sendo pagas? - disse.

- Entrou muito dinheiro de funding, de receber extras, vai entrar nos próximos 15 dias um dinheiro de tokenização de quase R$ 30 milhões. Você pensa que é fácil conseguir isso na situação que está? Quando eu falo da situação financeira vocês acham que estou reclamando, dando desculpas. Mas não estou fazendo isso, não preciso disso, o que me incomoda é que o pessoal, os sócios, torcida não porque são paixão. Mas os mais esclarecidos do clube não querem entender isso - completou o cartola.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários