Tardelli foi ameaçado de morte por torcedores
Ivan Sorti/Santos
Tardelli foi ameaçado de morte por torcedores

O atacante Diego Tardelli passou por momentos de terror  após a eliminação do Santos para o Athletico-PR nesta terça-feira (14), na Vila Belmiro, pelas quartas de final da Copa do Brasil. O ex-Atlético Mineiro teve o carro depredado e foi ameaçado de morte por torcedores do Peixe.

O jogador de 36 anos publicou, em seus stories do Instagram, um vídeo que mostra a emboscada armada por torcedores.

“Contando alto, 10 pessoas, 10 torcedores, 10 vândalos. Torcida tem direito de cobrar, fase não é das melhores, mas isso não justifica o que eu passei. Primeira vez em 15, 20 anos de carreira. É muito triste passar por isso", disse Tardelli.

“Obrigado Deus pelo seu cuidado e proteção”, escreveu sobre o vídeo. Segundo Tardelli, um policial o ajudou a chegar no hotel onde está morando.

(Veja na galeria abaixo fotos do jogo)

Leia Também


Em nota, o Santos afirmou que está atento ao caso, e tomará as medidas legais para identificar os torcedores. 

"Sobre o episódio ocorrido durante a madrugada com o jogador Tardelli e com outros membros do elenco, com ameaças, perseguições, emboscadas e atos de depredação, o Santos FC repudia veementemente a atitude de vândalos travestidos de torcedores e ressalta que dará todo o apoio para que as medidas legais sejam adotadas para o reconhecimento e a punição dos agressores.

O Clube não reconhece essas pessoas como torcedores e sim como bandidos. A torcida tem o direito de protestar sobre os resultados, desde que de forma civilizada"


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários