Flamengo
Divulgação
Flamengo

Não precisa fazer parte do elenco do Flamengo para saber que os jogadores são bem unidos. E os atletas usaram essa forte relação por uma causa nobre: ajudar funcionários do Departamento de Futebol que não recebem mais da diretoria o famoso "bicho", que é a premiação por conquistas na temporada. Um rateio financeiro foi feito para que pudessem auxiliar alguns colaboradores que fazem parte da rotina de treinos e viagens.

Segunda uma fonte da reportagem, o movimento foi encabeçado pelo volante Willian Arão e teve a participação de outros líderes do elenco, que contou com a colaboração de todos do atual plantel do elenco profissional. A ideia é poder ajudar seguranças, roupeiros e massagistas que estão ligados ao dia a dia do futebol e que ajudam de alguma forma, sobretudo nas viagens que a delegação do Flamengo faz para fora do Rio de Janeiro.

Ainda de acordo com a apuração do Jornal O Dia, cerca de 15 funcionários foram agraciados com a gratidão financeira dos atletas rubro-negros, que tentaram fazer com que o assunto não vazasse para que não criasse um clima de "marketing pessoal" do elenco.

Com funcionários felizes e jogadores focados, o elenco volta a trabalhar na tarde desta quinta-feira, às 14h30, e dará continuidade à preparação para pegar o Palmeiras no domingo, às 16h, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários