Diretoria rubro-negra solicitou à Conmebol a mudança do local do confronto
Reprodução/Instagram
Diretoria rubro-negra solicitou à Conmebol a mudança do local do confronto

Após a Prefeitura do Rio de Janeiro liberar a presença de 50% da capacidade do Maracanã para o Flamengo no duelo com o Barcelona de Guayaquil, no dia 22, pelo jogo de ida da semifinal da Libertadores, a diretoria rubro-negra se movimentou nos bastidores e solicitou à Conmebol a mudança do local do confronto.


Antes marcado para o Mané Garrincha, o Flamengo decidiu colocar o jogo no Maracanã após discussões internas. Como muitos torcedores já haviam se planejado e comprado passagem para Brasília, existia a chance de o clube manter o confronto na capital, mas decidiram realizar a mudança e aproveitar que o Maracanã poderá receber mais de 30 mil pessoas.

A Conmebol irá oficializar a mudança do local do jogo nas redes sociais a qualquer momento. Antes, a entidade comunicou aos clubes envolvidos, Flamengo e Barcelona-EQU, e ao delegado do jogo, que já criou grupo no WhatsApp com pessoas envolvidas na operação do jogo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários