Daniel Alves
Divulgação
Daniel Alves

Sem corresponder em campo o esperado, Daniel Alves também é um problema para o São Paulo fora dos campos. Isso porque,  o clube deve cerca de R$ 12 milhões ao jogador e uma saída do tricolor já não é descartada.

Em entrevista aos jornalistas Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi no YouTube, o diretor de futebol do São Paulo, Carlos Belmonte, falou que o tricolor deve apresentar em breve uma proposta para o pagamento dos valores em atraso, mas não descartou uma saída do atleta.

"Muito mais do que o Daniel continuar ou sair, nossa vontade é que se chegue a um acordo para que todo mundo se sinta confortável. Se o acordo for para o Daniel continuar, com parcelamento da dívida e ele fique satisfeito, ótimo. Se não tiver acordo porque nossa proposta não agradou e tivermos que liberar o Daniel para seguir outro caminho, tudo bem também", afirmou ele.

O diretor também confirmou que as partes tiveram uma reunião na última terça-feira e ficou acordado que o clube fará uma proposta, muito em breve, do pagamento dessa dívida. "O que não dá é ficar uma coisa em aberto. A gente tem que resolver logo, de um jeito ou de outro", completou.

Vale lembrar que Daniel Alves tem protagonizado uma série de polêmicas desde que chegou ao São Paulo. Após a conquistar a medalha de ouro com a seleção brasileira nas Olimpíadas de Tóquio, o jogador disparou contra o clube e alegou que "o São Paulo falhou com ele". Nessa semana, Baby, presidente da denominada Torcida Independente, uma das mais conhecidas do São Paulo, publicou um vídeo nas redes sociais afirmando que o jogador estava em uma balada na madrugada , fato negado pela assessoria do jogador.

Sobre a dívida estar atrapalhando o desempenho do jogador no São Paulo, Belmonte foi categórico. "Ele não mistura efetivamente essas coisas. O Daniel é um atleta profissional que cumpre rigorosamente com as suas obrigações em campo. Jogar bem ou jogar mal é análise de cada um", concluiu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários