Roger Flores é repreendido pela Globo por declaração polêmica sobre Pedro e Flamengo
Reprodução
Roger Flores é repreendido pela Globo por declaração polêmica sobre Pedro e Flamengo

O comentarista da Globo e ex-jogador Roger Flores resolveu relembrar, na tarde desta segunda-feira, durante o 'Seleção SporTV', o tema em que ele disse que, por seu 'feeling de ex-atleta',  haveria uma "ordem de cima" para que Renato Gaúcho não desse muito espaço a Pedro no Flamengo.


O assunto gerou uma resposta do treinador Rubro-Negro e do vice-presidente de futebol Marcos Braz, que discordou do ex-jogador. O tema também foi parar na internet, onde o Roger recebeu críticas da torcida do clube. O comentarista, inclusive, teria sido repreendido pela Globo.

- Não entendi essa situação do feeling. O Roger não é meu amigo pessoal, mas me conhece bem, sabe da minha personalidade. Trabalhamos juntos. Eu jamais iria me propor a estar em uma situação como essa, de que poderia ter um pedido da diretoria para fazer qualquer coisa com o Pedro. Quero deixar claro que eu, o Bruno, não tratamos dessa maneira. Quando precisamos tomar qualquer atitude com o jogador, não precisamos de intermediário - disse
Marcos Braz, na ocasião.

- Acho até engraçado. O Roger foi um grande jogador, é um grande comentarista, tenho grande admiração por ele, mas o feeling dele dessa vez deu totalmente errado - comentou Renato, na ocasião.

Você viu?

(Veja na galeria abaixo fotos do comentarista da Globo)


Roger afirmou nesta segunda que o assunto deu um 'auê danado' e que muita gente falou besteira. Ele tentou explicar o que quis dizer afirmando que Pedro precisa se recuperar mentalmente após ter sido barrado dos Jogos Olímpicos pelo clube.

- Semana passa deu um 'auê' danado sobre o que eu falei sobre o Pedro. E ai muita gente concordando e muita gente falando besteira. Eu não falei nada demais. Eu falei que (pelo meu) 'feeling' de ex-atleta, que tinha algum ruído ainda entre Pedro e diretoria e eu nem disse que tinha alguém errado. Pra mim só quem é prejudicado é o Flamengo, se o Pedro está triste e desanimado, logicamente ele tem que digerir logo isso, não pode deixar que isso atrapalhe a carreira dele. O Flamengo não liberou (ele para a Olímpiada), ele tem o direito de estar chateado. Mas ele cada vez mais tem que estar à disposição do Renato e a diretoria tem que ter um jogo de cintura - afirmou Roger.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários