Após punição a Rogério Caboclo, CBF escolhe novo presidente
Divulgação
Após punição a Rogério Caboclo, CBF escolhe novo presidente

O Conselho de Administração (CA) da CBF escolheu um novo presidente interino para a entidade em reunião na manhã desta quarta-feira. Os vices, que são quem compõe a CA, indicaram o baiano Ednaldo Rodrigues para substituir Coronel Nunes até que o caso Rogério Caboclo seja concluído. A decisão foi tomada menos de 24 horas após a Comissão de Ética da entidade ter dado uma  pena de 15 meses de afastamento a Caboclo por conduta inapropriada e afastando a acusação de assédio sexual feita por uma ex-funcionária.

A decisão do CA, no entanto, pode ser contestada por Rogério Caboclo, caso assim ele deseje. A interlocutores, diz que sua defesa ainda avalia o caso. O seu entendimento é que caberia a ele indicar o seu substituto. Para fazer a contestação, ele se basearia no artigo 61 do regulamento da CBF, que diz que “substituirá o Presidente, no caso de ausência, licença ou impedimento, o Vice-Presidente que for por ele designado”.

Você viu?

(Veja abaixo galeria de fotos de Rogério Caboclo)


Caboclo foi afastado do cargo há três meses, e esse tempo é descontado da pena. Ou seja, na prática, ele pode retornar ao cargo daqui um ano. Ele ainda teria aproximadamente seis meses de mandato pela frente, até que o novo presidente eleito — que deve ser escolhido em abril do ano que vem — assuma.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários