Caio Ribeiro
Divulgação
Caio Ribeiro


O banco Bradesco solicitou a suspensão, na Justiça, do pagamento de uma dívida no valor de R$ 3,4 milhões de Caio Ribeiro com a Instituição .

O pedido foi aceito e agora o ex-jogador e comentarista da Globo tem 120 dias para renegocias a dívida oriunda de um financiamento de um imóvel. Caso não haja acordo, a ordem de pagamento retorna a ativa. A informação é do 'Uol'.

Você viu?

O banco já havia pedido a nomeação de um perito para avaliar o estado do imóvel adquirido por Caio, e a verificação de eventuais dívidas de IPTU e condomínio. Segundo advogados do Bradesco, a dívida foi contraída em abril de 2018. O banco concedeu um empréstimo no valor de R$ 3 milhões.

No contrato, a partir de maio de 2018, Caio Ribeiro concluiria o pagamento em 360 meses (30 anos). Ainda segundo a empresa, o comentarista alegou problemas financeiros e renegociou sua dívida. Entretanto, segue sem pagar as prestações previstas.

Já a defesa de Caio Ribeiro, tenta usar o imóvel avaliado em R$ 4,5 milhões como garantia do pagamento. Em contrapartida, o Bradesco afirma que a residência sofreu desvalorização e apresenta valor de mercado menor que os R$ 3,4 milhões dívida do ex-jogador. O valor foi corrigido segundo cálculos do próprio banco.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários