Galvão
Reprodução/ Globo
Galvão


O narrador Galvão Bueno será o comandante da transmissão, na Globo, da abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio , que começam no dia 23 de julho. O trabalho do veterano será feito diretamente do Brasil, por causa da pandemia, e a equipe enviada para Tóquio foi reduzida. A informação foi publicada pela colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo.

Você viu?

Inicialmente estruturada para portar 102 profissionais para os jogos, a emissora carioca resolveu cortar 50% do número apresentado a priori. Assim, narradores escalados para a cobertura tiveram seus destinos alterados e, agora, farão os trabalhos dentro dos estúdios no Brasil. A Globo terá cerca de 12 horas diárias de programação exclusiva ao evento. A faixa de horário de exibição será das 22 horas até a manhã do dia seguinte.

(Veja abaixo galeria de fotos de Galvão)


A TV Globo conseguiu atingir sua meta inicial de R$500 milhões com patrocínios para a Olimpíada de Tóquio . A emissora teve menos tempo do que o habitual para fechar os acordos por causa das incertezas sobre a realização do evento por causa da pandemia da Covid-19.

A emissora da família Marinho conseguiu chegar ao valor em apenas dois meses. As cotas de TV foram distribuídas em três planos. A 'ouro', a mais cara, foi comprada apenas pelo Bradesco, que investiu sozinho R$ 96,9 milhões por espaço na TV aberta, por assinatura e internet.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários