Cruzeiro é impedido de registrar novos atletas
Gualter Naves/Cruzeiro
Cruzeiro é impedido de registrar novos atletas

O Cruzeiro foi punido novamente pela Fifa com o 'transfer ban' nesta quarta-feira (30). O clube mineiro tinha até a última segunda-feira para pagar R$ 7 milhões ao Defensor, do Uruguai, pela compra do meia Arrascaeta, do Flamengo, em 2015. Como não realizou o pagamento, a Fifa enviou notificação da punição para a CBF e para o Cruzeiro, impedindo de registrar atletas. A informação foi divulgada pelo 'GE'.

(Veja a galeria de fotos de Arrascaeta)


Em setembro de 2020, o clube mineiro ficou quase dois meses sem poder regularizar nenhum jogador até confirmar o pagamento da dívida com o Zorya, da Ucrânia, pela compra do atacante Willian, em 2014, e ter a punição cancelada.

Vale lembrar que esta não é a primeira vez que o Cruzeiro recebe uma punição severa da Fifa. No ano passado, a Raposa iniciou a Série B do Brasileirão com menos seis pontos após o não pagamento da dívida com o Al Wahda, pelo empréstimo de seis meses do volante Denilson.

Nas últimas semanas, o clube mineiro anunciou um 'pacotão' de reforços, os laterais Norberto e Jean Victor, o zagueiro Rhodolfo, ex-Coritiba, além dos atacantes  Wellington Nem, Keké e Eduardo. A medida foi adotada para reforçar o elenco antes da prevista punição. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários