Neto
Reprodução
Neto

O comentarista e ex-jogador  Neto  não mediu as palavras durante o programa "Os Donos da Bola", na Bandeirantes, e fez duras críticas às falas homofóbicas do apresentador Sikêra Jr, da RedeTV. 

(Veja abaixo a galeria de fotos do comentarista)


"No outro dia, o cara pede desculpa. Sabe por que ele pediu desculpa? Porque os patrocinadores saíram de lá. Ou você pensa assim, ou você não pensa. Ou você é homem, ou não é homem. Não adianta falar só para você ganhar dinheiro do governo. Foi seu pensamento esse? Se foi seu pensamento, espero que um dia você não me encontre", revoltou-se o comentarista esportivo e ex-jogador, completando: "Espero que um dia você não me encontre. Eu e você em um lugar fechado e você fala isso para mim. Eu queria te encontrar um dia, é que eu não sei onde você vai. Talvez você vá até em lugar que eu não vá".

Você viu?

Toda polêmica começou depois que o apresentador do Alerta Nacional xingou homossexuais, após uma propaganda do Burguer King onde crianças de diferentes idades são entrevistadas e explicam que é normal ver homens e mulheres do mesmo sexo juntos.

Segundo o apresentador da RedeTV, as pessoas que integram o movimento LGBTQIA+ são uma "raça desgraçada" que quer "acabar com a sua família e com a família tradicional brasileira". "A criançada está sendo usada. Um povo lacrador que não convence mais os adultos e agora vão usar as crianças. É uma lição de comunismo: vamos atacar a base, a base familiar, é isso que eles querem. Nós não vamos deixar", afirmou Sikêra, em programa exibido na sexta-feira (25).

Ainda em seu desabafo, Neto  incluiu a RedeTV e apontou não ter medo do jornalista e nem dos donos da emissora, completando que "caso queriam ligar na Band, podem ligar". "Qualquer dono da RedeTV ai, qualquer um de vocês que pensa assim. Qualquer um. Falasse isso mano a mano, que nem você falou. Ai na hora vê a corda no pescoço e pede desculpa'. Desculpa nada! Seu pensamento é esse", completou.

O comentarista ainda comparou com o caso de Fernanda Venturini , ex-jogadora de vôlei, que se disse anti-vacina e apontou que estaria se imunizando somente para poder viajar.

"Você tem que querer tomar vacina porque você quer viver, pelos seus filhos, sua família, todos nós. Ai no outro dia pede desculpa. Eu não peço desculpa pelos meus erros", concluiu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários