Borja pode voltar a ser utilizado no Palmeiras
Divulgação
Borja pode voltar a ser utilizado no Palmeiras

O Palmeiras já se prepara para contar com  Borja novamente no elenco após a disputa da Copa América. O atacante tem contrato de empréstimo com o Junior Barranquilla até 30 de junho e o clube colombiano não entrou mais em contato após notificar que realizaria a compra de 50% dos direitos econômicos do jogador, cerca de um mês atrás. A informação foi divulgada pelo 'UOL'.




O motivo para este sumiço dos colombianos está no fato do possível retorno do atacante Carlos Bacca ao Junior. O experiente jogador de 34 anos está de saída do Villarreal, da Espanha, e uma hipotética volta tornaria inviável a permanência de Borja no elenco.

O valor a ser recebido pelo Alviverde, previsto em contrato, caso o negócio com o Junior fosse concretizado era de 4,5 milhões de dólares (cerca de R$ 22,3 milhões).

Você viu?

O atacante foi emprestado ao Junior Barranquilla, pela primeira vez, em 2020. Após o término do contrato, em janeiro, o Palmeiras aceitou estender o vínculo por mais seis meses, entendendo que a realização da Copa América, antes marcada para a Colômbia, e a provável presença do jogador na lista nacional, ajudariam a valorizar o atleta.

Devido à pandemia e aos problemas políticos vividos no país, a competição ocorre no Brasil, com portões fechados. Apesar de ter obtido bom desempenho com a camisa do Junior em 2021, Borja não vem se destacando na Seleção Colombiana que disputa a Copa América e pode ser que retorne ao Palmeiras após o término do torneio. O empresário do jogador segue atrás de um novo clube, entendendo que o retorno não seria o melhor cenário para o jogador.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários