Lara
Divulgação
Lara

Quem assiste à Lara Silva em seus vídeos postados nas redes sociais pode imaginar que a vida da blogueira e funkeira, de 19 anos, é um conto de fadas. Não é. Mas se assemelha muito ao de uma gata borralheira. Apontada como o novo affair de Neymar, a cearense ganhou ainda mais visibilidade há alguns dias. Afinal, quem é ela?

Larissa Albuquerque da Silva nasceu em Fortaleza numa família bem humilde e é a caçula de três irmãos. Muito alta para sua idade (hoje ela tem 1,73m), tinha que se sentar no fundo da sala de aula para não atrapalhar ninguém. “O problema é que não enxergava nada. Tinha que implorar à professora para me deixar ir para a frente e assim mesmo ficava tudo embaçado”, conta ela no primeiro vídeo de seu canal no YouTube, que estreou há cerca de um mês. 

Na época, Lara não sabia que sofria de astigmatismo, hipermetropia e ceratocone, uma doença que torna a membrana do olho tão fina que pode cegar: "Era para eu usar óculos desde os 3 anos. Mas minha mãe não sabia nem tinha dinheiro para ir ao oculista, essas coisas. Só tive óculos aos 11".

Não foi o único revés da funkeira quando criança. O pai morreu uma semana antes dela completar 12 anos. "Tenho pavor de agosto. Meu pai morreu antes do meu aniversário e perto do Dia dos Pais", explica. 

O sonho de menina era o de conhecer o mundo todo e conquistar uma vida melhor. Aos 14, começou a gravar vídeos dançando funk. “Tinha muita vergonha de postar. Então, eu gravava aquelas danças de bunda e guardava. Com 15 anos tomei coragem e postei. Vejam minha bunda balançar e dane-se. Quem gostar que goste. E ainda bem que muita gente gosta”, afirma

Você viu?

Com os vídeos, Lara foi chamada para dançar em alguns shows. "Meu primeiro cachê foi de R$ 45. Arredondo para R$ 50, mas foi cravado R$ 45. Era o preço do Uber para voltar para casa e a tinha to cabelo", recorda. 

Cabelo, aliás, ela já mudou muito. Teve pelo menos quatro cores, entre elas o borgonha, o roxo, o loiro e agora o ruivo. No começo da pandemia, no ano passado, já famosas pelo rebolado, Lara lançou a primeira música. "A pandemia chegou e me disse:' Vai fazer show, Lara? Não vai fazer show'. E eu estou aqui esperando", lamenta.

Com 12 milhões de seguidores no Instagram, Lara viu a vida mudar em pouco tempo e se tornou influenciadora no susto. A primeira vez que apareceu nos sites e igs de fofoca foi quando Whindersson Nunes a elogiou por um vídeo rebolante que postou. Muitos acreditaram que os dois estavam juntos, logo após a separação do humorista de Luisa Sonza. 

Acostumado a bons vinhos de cifras bem altas, Neymar vai ter que ensinar Lara a degustar a bebida. "Eu perco o controle da bebida. Agora não, porque estou aprendendo. Sou muito fraca. Se eu tomar um copo de um vinho barato, de R$ 5, lá de Fortaleza, eu fico transtornada. Eu adoro esse vinho", revela.

Assim como gosta de vinho, Lara também gosta de se relacionar com mulheres. "Não é segredo para ninguém. Já falei muito isso nos stories. Curto muito e é muito bom", respondeu ela a alguns fãs, que também quiseram saber qual é sua sexualidade: "Já disse que gosto de mulher, então sou bi? Isso, sou bi".

Há um ano, Lara Silva convidou Pocah para estrear o clipe de "Pegando Fogo", e lançou recentemente "Forma do Padrão", com MC Zaac.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários