Renata Silveira
Divulgação / Globo
Renata Silveira

Com poucos meses de TV Globo , a narradora Renata Silveira passou pela situação mais complicada de sua carreira ao transmitir o jogo entre Dinamarca e Finlândia, no SporTV , marcado pela parada cardíaca do meia Eriksen . Em entrevista ao "UOL", ela relatou os momentos de tensão na transmissão.

Veja galeria de fotos de Renata Silveira:


"As cenas foram muito fortes, desesperadoras. Quando os médicos começam a fazer a massagem cardíaca no atleta, realmente me emocionei. Foi até a hora que minha voz deu uma falhada, porque a gente vai ficando sem saber o que pode acontecer. É um sentimento desesperador", disse Renata.

"Ao mesmo tempo que as imagens eram muito chocantes, eu tinha a consciência da minha responsabilidade em contar toda aquela história. As pessoas estavam esperando as informações, acompanhando junto com a gente e eu precisava estar firme e forte para conseguir levar a transmissão, por mais difícil que fosse. O apoio do Paulo Nunes, que estava ali do meu lado, e de toda a equipe ajudou. Esse trabalho em equipe me fez seguir firme para levar a transmissão até o fim", completou.

A narradora também revelou o clima no estúdio após a partida.

"Assim que a câmera desligou, a gente se cumprimentou, agradecemos um ao outro e demos graças a Deus que ficou tudo bem com o atleta. Foram horas de muita tensão, mas felizmente terminou bem. O final da transmissão foi um momento de agradecimento para o Paulo Nunes e para todos que contribuíram de alguma forma naquela transmissão", revelou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários