Cleber Machado
Divulgação
Cleber Machado


O jornalista Cléber Machado mandou uma indireta para quem acredita que existe alguém que torce pelo sucesso da Covid-19. A mensagem do narrador da Globo contrasta com a opinião do ministro das Comunicações do governo Bolsonaro, Fabio Faria (PSD).

O ministro, que é genro de Silvio Santos, dono do SBT, disse que existe políticos, jornalistas e artistas que 'torcem pelo vírus'.

- Em breve verão políticos, artistas e jornalistas 'lamentando' o número de 500 mil mortos. Nunca os verão comemorar os 86 milhões de doses aplicadas ou os 18 milhões de curados, porque o tom é sempre o do 'quanto pior, melhor'. Infelizmente, eles torcem pelo vírus - declarou o ministro em sua conta no Twitter, nos dias que antecederam a triste marca de 500 mil mortes no Brasil por Covid-19, completadas no sábado - hoje já são 502 mil mortos.

Sem citar o nome de ninguém, Cléber Machado refutou a ideia de que exista alguém que torça pelo vírus.

- Tem gente que acha que há quem torça pelo vírus. Não. Torcer pelo vírus é torcer contra você, contra seus pais, contra seus filhos, contra seus amigos. A gente torce pela saúde - afirmou Cléber Machado no início da transmissão de Bahia x Corinthians pela TV Globo, neste domingo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários