Bruno Gomes
Instagram
Bruno Gomes

A má fase do Vasco fez a torcida perder a paciência. Mas alguns foram longe demais e apelaram para o vandalismo. Apos a derrota por 2 a 0 para o Avaí, pela Série B, um grupo de torcedores aguardou a saída dos jogadores de São Januário. Ao avistar um dos carros, atiraram garrafas e pedras na direção.

O meio-campista Bruno Gomes estava na direção do veículo. Ele estava acompanhado do meia paraguaio Matías Galarza. O atleta usou suas redes sociais para desabafar.

"E se eu estou com o vidro aberto? E se eu perco o controle da direção? E meu prejuízo no carro? Estava eu e Matias no carro, e isso podia ter acabado com um acidente grave!", reclamou Gomes, que deletou a postagem alguns minutos depois. 

O Vasco repudiou o ato. Por meio de uma nota, o clube informou compreender a insatisfação da torcida. Mas lembrou que ela não pode ser manifestada através de agressões.

"O Vasco da Gama repudia toda e qualquer forma de violência. O Clube compreende a insatisfação dos torcedores com os resultados, mas a solução não passa pelo uso de agressões e ameaças como formas de protesto contra atletas e membros da comissão técnica".

A derrota desta quarta foi a segunda do Vasco na Série B. O clube não largou bem na competição. Soma apenas quatro pontos em quatro rodadas. Com este desempenho, é apenas o 14º na tabela de classificação.

Em meio à crise, o time voltará a campo no próximo sábado, contra o CRB. O jogo será mais uma vez em São Januário, onde a equipe ainda não somou um ponto sequer pela Série B.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários