Pedro comemora gol do Flamengo
Reprodução / Conmebol
Pedro comemora gol do Flamengo

O técnico da seleção brasileira olímpica, André Jardine, divulgou na manhã desta quinta-feira a lista de convocados para os Jogos Olímpicos de Tóquio . Pedro, do Flamengo, aparece na lista, no entanto, o clube já havia confirmado a não liberação do atleta.

A atitude da CBF foi considerada pelo clube rubro-negro como uma afronta. De acordo com uma pessoa dentro do clube, a entidade quer provocar o desgaste entre o Flamengo e Pedro. Isso porque, segundo apuração, a CBF mandou uma carta, na quarta-feira, pedindo que desconsiderasse a convocação do atacante da Gávea.

Em coletiva logo após a convocação, o coordenador das seleções de base, Branco, afirmou que Pedro é "determinante" para o grupo e reafirmou que a CBF quer a presença do camisa 9 nos Jogos Olímpicos. "A gente trabalha visando a questão técnica e queremos escolher os melhores. O Flamengo tem uma posição (sobre a liberação), e nós, tecnicamente, temos outra. O Pedro é determinante nesse processo olímpico. É um jogador que se destacou com três gols nas últimas partidas. Tem uma vontade enorme de defender o Brasil", seguiu.

"Respeitamos os clubes, mas a nossa mentalidade é de escolher os melhores. No pensamento do André (Jardine), o Pedro está entre os melhores nomes do Brasil no momento", completou.

Você viu?

Vale ressaltar que outros clubes também não liberaram seus jogadores para a competição. O PSG 'disse não' a ida de Neymar e Marquinhos, e o Palmeiras barrou a convocação do goleiro Weverton.

O vice-presidente de Relações Externas do Flamengo, Luiz Eduardo Baptista, conhecido como BAP, se pronunciou no Twitter sobre o assunto.

"Olimpíadas não é data FIFA.PSG nega Marquinhos e Neymar. CBF aceita. Palmeiras nega Weverton. CBF aceita. Flamengo nega Pedro, CBF convoca. Quem trabalha pelos clubes? Mais do mesmo. LIGA JÁ.", escreveu o dirigente.
BAP faz menção à Liga Nacional de Futebol, um torneio independente da CBF, que foi assinado por representantes de 19 clubes da Série A. Apenas o Sport, do Recife, não foi favorável à criação Liga Nacional.

A reportagem também conversou com Marcos Braz, vice de futebol do Flamengo. O dirigente manteve o discurso oficialmente e garantiu que Pedro não será liberado para disputar as Olimpíadas.

"A nossa postura será a mesma. Não vamos liberar Pedro. Fizemos um investimento alto para ter um elenco forte e agora queremos usar o elenco."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários