Antônio Lopes com o troféu da Libertadores da América de 1998
Rafael Ribeiro / Vasco
Antônio Lopes com o troféu da Libertadores da América de 1998

A Justiça determinou, na última quinta-feira, a penhora do troféu da Libertadores de 1998, conquistado pelo Vasco . A decisão foi tomada pelo juiz substituto Ronaldo Santos Resende, da 78ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região (TRT-1). As informações são do site "Esporte News Mundo".

De acordo com o portal, a decisão foi em favor do ex-jogador de basquete do clube, Nick Okorie . A defesa do ala-armador solicitou a penhora da taça após as premiações e direitos de transmissão junto ao Grupo Globo e a Confederação Brasileira de Futebol não serem englobadas no processo.

No processo, Nick Okorie cobra do Vasco uma quantia de R$ 117.734,40, referente a férias, saldo de salário, Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), e multas. O jogador defendeu o clube por apenas seis meses, de outubro de 2018 a abril de 2019.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários