Gabigol
Divulgação
Gabigol

Após informar que Gabigol havia se queixado de dores musculares na perna direita, a CBF e o Flamengo confirmaram a presença de um edema muscular. Por isso, o departamento médico do rubro-negro carioca vetou a participação do atacante no jogo contra o Coritiba, nesta quinta-feira, pela Copa do Brasil. A informação causou um mal-estar no time.

O clube informou ontem que o aguardava para exames complementares aos da entidade e chegou a o relacionar para a partida, já que, em tese, estaria em condições de disputar a Copa América.

"Sob responsabilidade da CBF, Gabriel Barbosa realizou exame, que constatou um edema muscular na coxa direita. O Flamengo entende que o resultado é inconclusivo", divulgou o Flamengo.

O jogador e o estafe, por sua vez, propuseram realizar os exames em São Paulo, pois ele já está se tratando no hotel. Médico à frente do departamento do Flamengo, Marcio Tannure está no Rio e não acompanhou a delegação para Curitiba.

Você viu?

O rubro-negro carioca não ficou satisfeito com a decisão tomada pelo jogador e avalia uma punição. Mesmo assim, ele irá se apresentar amanhã, junto com a Seleção Brasileira, para a Copa América.

Confira abaixo a nota completa:

“Os departamentos médico do Flamengo e CBF compartilharam os exames e diagnósticos em relação à lesão do Gabi, que apontou um edema muscular. Com isso, o departamento médico do Flamengo vetou o Gabriel para a partida contra o Coritiba, decisão tomada no fim do dia de ontem (09). O atacante se prontificou a realizar exames em São Paulo, evitando uma viagem para Curitiba, uma vez que chegou de madrugada do Paraguai após jogo pelas Eliminatórias.

Com a decisão, ele segue em tratamento e se apresentará amanhã à Seleção Brasileira, data marcada a todos os convocados para a Copa América”.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários