Jardel
Instagram
Jardel

O ex-atacante do Grêmio, Mário Jardel, teve as duas chuteiras de ouro da UEFA, além da de prata e outra de bronze, furtadas na madrugada desta quarta-feira de dentro da sua residência, em Fortaleza.

De acordo com o ex-jogador, com passagens pelo Sporting de Portugal e também o Vasco, os assaltantes teriam pulado o muro, invadido a casa e levado as premiações. "Não é pela questão financeira, é mais pelo valor sentimental. É o meu legado, a minha história", afirma o ex-atacante.

Ele ganhou as duas chuteiras de ouro da UEFA ao se tornar o maior goleador da Europa nos anos de 1999 e 2002. A chuteira de prata foi conquistada em 1997, quando atuava em Portugal. A de bronze foi conquistada em 2000, quando Jardel defendia o Galatasaray.

O boletim de ocorrência foi registrado no 15° Distrito Policial, em Fortaleza, e a polícia ainda não tem pistas dos bandidos.

Jardel, que é o único jogador que foi artilheiro tanto da Libertadores quanto da Liga dos Campeões, foi peça fundamental do técnico Felipão na conquista, em 1995, do principal torneio do continente. Ao lado de Paulo Nunes e Arce, ele fez fama de bom cabeceador e terminou a competição com doze gols.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários