Gléguer
Instagram
Gléguer

O ex-goleiro do Corinthians, Gléguer Zorzin, que hoje é comentarista esportivo da rádio e da TV Bandeirantes de Campinas, aderiu ao transplante capilar. 

O ex-atleta, que realizou o procedimento no começo de maio com o médico tricologista e responsável pelo Centro Médico Capilar, Dr. João Gabriel Nunes, conta que há cinco anos pensava em fazer o transplante capilar e que agora só aguarda o resultado. “Estou muito feliz e eternamente grato por tudo que foi feito. E ao Dr. João Gabriel Nunes por realizar o sonho na minha vida. Agora só esperar crescer e curtir o topete”, brinca Gléguer.

A calvície do jogador era de grau V - quando a perda de cabelo avançou ao longo do tempo. "Esse tipo de calvície é caracterizada pela ligação entre duas regiões sem cabelo: Inicia-se na parte frontal da testa e estende-se até a coroa. Nesse caso os tratamentos já não possuem uma ação efetiva e o mais indicado é o transplante capilar", explica o Dr. João Gabriel Nunes.

A técnica F.U.E. respeita a densidade e a angulação das hastes capilares e deixa uma aparência mais natural. O método utilizado consiste na retirada dos fios um a um da área doadora, parte lateral e posterior da cabeça, e colocados nas áreas calvas. O procedimento no goleiro durou cerca de oito horas. "Mesmo com a calvície avançava, conseguimos transplantar mais de 5.200 folículos, foram mais de 10 mil fios", detalha o tricologista.

Ainda de acordo com o especialista, a cirurgia apresenta resultados em pouco tempo e o processo de cicatrização é simplificado. "Em meses o cabelo irá crescer e o paciente se sentirá bem novamente”, finaliza o médico, que já realizou a mesma cirurgia nos cantores Frank Aguiar, Conrado, Tato do grupo de forró Falamansa, e MC Créu.

Gléguer chegou no Corinthians em 2001, vindo do Guarani, a pedido do técnico Dário Pereyra. No clube, atuou em 10 jogos, mas, após atritos com Wanderley Luxemburgo, retornou ao Guarani no mesmo ano. No total ele disputou dez jogos (04 vitórias, 02 empates, 04 derrotas) e conquistou o título Paulista e o vice da Copa do Brasil.

Em sua carreira, também teve passagens pelo Cruzeiro, Vitória e o América Mineiro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários