Ricardo Gareca
Divulgação
Ricardo Gareca

O técnico peruano, Ricardo Gareca , que tem passagem pelo Palmeiras , deixou clara a sua insatisfação com a escolha do Brasil como sede emergencial da Copa América , após a desistência de Argentina e Colômbia da organização.

“Não me parece justo que uma Copa América se repita no Brasil”, disse El Tigre, em coletiva de imprensa na qual lembrou que a última edição do torneio já foi disputada no País em 2019 e a seleção peruana foi finalista. 

Por outro lado, o treinador do Peru indicou que ainda não foi oficialmente informado da obrigação de se vacinar para participar do torneio. Vale lembrar que os jogadores de futebol peruanos não receberam as doses da vacina chinesa Sinovac fornecida pela Conmebol, pois esse tipo de vacina ainda não foi aprovado pelo órgão regulador daquele país.

Sobre os rumores de que alguns jogadores poderiam desistir de jogar o torneio continental, Gareca destacou que "não há nada oficial ou concreto" e elegeu sua prioridade no momento. "Agora estamos focados nas eliminatórias e não quero que nada nos desvie disso", disse ele.

Contratado pelo então presidente Paulo Nobre, Gareca chegou ao alviverde em 2014 em um time que tinha acabado de voltar à primeira divisão. Em campo, teve apenas 33% de aproveitamento, com uma vitória em nove jogos no Campeonato Brasileiro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários