Januário de Oliveira
Reprodução
Januário de Oliveira

Morreu, nesta segunda-feira, o ex-locutor de TV e rádio Januário de Oliveira , de 81 anos. Após 11 dias internado, ele sofreu uma parada cardíaca enquanto tratava um quadro de pneumonia em um hospital particular de Natal, no Rio Grande do Norte. A informação é do narrador Luiz Penido.

Veja galeria de fotos do ex-narrador:


Januário foi uma das principais vozes no futebol brasileiro nos anos 1980 e 90. Gaúcho de Alegrete, nascido no dia 12 de fevereiro de 1940, Januário ficou famoso com frases como "tá lá um corpo estendido no chão", utilizada quando um jogador se machucava e ficava deitado no gramado, "Cruel, muito cruel...", que servia para elogiar um artilheiro e "Sinistro, muito sinistro...", quando algum jogador ou árbitro cometia alguma falha.

Januário foi responsável também por dar apelidos a muitos jogadores, entre eles Ézio, o "Super Ézio", o centroavante Charles (Bahia e Flamengo), o "Príncipe Charles", Sávio, o "Anjo Loiro da Gávea", "Tá, Té, Tí, Tó, Túlio..." e o volante e lateral Charles do Flamengo, o "Charles Guerreiro" e Valdeir (ex-Botafogo) que ganhou a alcunha de "The Flash".

O ex-narrador passou por diversos veículos de comunicação: Rádio Farroupilha-POA ; Rádio Cultura de Bagé-Rs ; Rádio Mauá-Rj ; Rádio Nacioanal-RJ ; Rádio Globo-RJ ; TVE-RJ E TV Bandeirantes,RJ-SP. Deixou a TV aberta em 1998, por culpa do diabetes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários