Shoya Nakajima
Reprodução
Shoya Nakajima

A Polícia Judiciária de Portugal está investigando o caso de um jogador do Porto que teria viajado com o clube para outro país apesar de estar infetado com a Covid-19 . De acordo com o "Jornal de Notícias", as autoridades estão em busca do teste de coronavírus do atacante Shoya Nakajima , realizado em janeiro.

O centro de treinamento do Porto em olival foi alvo de buscas na manhã desta quinta-feira comandadas pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP). O clube confirmou a ação através de comunicado oficial:

"O Porto vem informar que no dia de hoje, 20 de Maio de 2021, ocorreram buscas nas suas instalações e no Centro de Treinos e Formação Desportiva Porto Gaia, no âmbito de uma investigação que tem como objetivo o resultado do teste de Covid-19 necessário para a viagem realizada em janeiro de 2021 por um jogador do seu elenco principal. O clube, como sempre, colaborou com a Justiça no recolhimento de todos os elementos solicitados para a investigação em curso", diz a nota.

A polícia também encaminhou dezenas de buscas domiciliárias e a laboratórios de análises clínicas na região do Algarve e do Porto, com o objetivo de encontrar o teste ou qualquer documentação comprobatória para análise.

Você viu?

"Na origem desta investigação está uma viagem de avião para o estrangeiro realizada por jogador de futebol profissional, possivelmente infetado com Covid-19, atuação suscetível de configurar a prática de crime de propagação de doença, alteração de análise ou de receituário, previsto e punido pelo art.º 283° n.º 1 als. a) e b) do Código Penal, com pena de prisão de um a oito anos", diz o comunicado da polícia local.

O jogador em questão, Nakajima tem 26 anos. Ele chegou ao Porto em 2019 e no início deste ano foi emprstado ao Al-Ain, dos Emirados Árabes .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários