Mané Garrincha foi descartado como sede de final do Carioca
Marcello Casal Jr/ Agência Brasil
Mané Garrincha foi descartado como sede de final do Carioca

A possibilidade do Campeonato Carioca ser decidido em Brasília está findada. Levantada pela Ferj em nota oficial, a chance esvaiu por conta das condições atuais do gramado do Estádio Mané Garrincha, segundo informou Ibaneis Rocha, governador do Distrito Federal, à "Rádio CBN". Portanto, o jogo da volta da final entre Flamengo e Fluminense segue marcada para o Maracanã.

A intenção do Flamengo, mandante da segunda partida, era realizar a partida com um público parcial e, para isso, vinha trabalhado nos bastidores. A boa relação da diretoria de Rodolfo Landim com Ibaneis Rocha era tida como um trunfo para o clube levar o jogo para o Mané Garrincha.

O Fluminense, por sua vez, já tinha se mostrado contrário à possibilidade. Assim, além do fator "técnico" do gramado, os clubes e a Ferj entraram em um consenso para que o jogo siga no Rio.

O regulamento do Carioca, por sua vez, prevê a realização das duas partidas da final do campeonato no Estádio do Maracanã. Confira mais detalhes abaixo.

Você viu?

O QUE DIZ O REGULAMENTO DO CARIOCÃO

No regulamento do Campeonato Carioca de 2021, disponível no site da Ferj, está previsto que as partidas das finais do Estadual serão realizados no Maracanã, o que ocorrerá.

Veja o que está determinado no inciso VI do Artigo 20:

VI – As partidas das Finais do campeonato serão realizadas no estádio do Maracanã

Nas Disposições Gerais do Regulamento, estão citadas as possibilidades de impedimento de público por conta da pandemia do coronavírus e também sobre as condições para jogos serem realizados fora do Rio de Janeiro, com exceção das partidas da final do Campeonato Carioca, como o próximo Fla-Flu.

Art. 28 – Caso as autoridades governamentais vedem integral ou parcialmente a presença de público nos estádios em decorrência da pandemia da Covid-19 ou outra razão, as deliberações do Protocolo Jogo Seguro deverão prevalecer, no que se refere aos procedimentos de biosegurança destinados a preservação da saúde das pessoas presentes no estádio, e mecanismos de combate a disseminação da pandemia da Covid-19.

Art. 38 – Excepcionalmente, havendo acordo entre as partes e anuência da FERJ, qualquer partida do campeonato poderá ser realizada fora do Estado do Rio de Janeiro. Tal disposição não se aplica as Finais do campeonato, salvo em casos de excepcionalidades já referidas neste regulamento e com a anuência da FERJ.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários