Corinthians
Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Corinthians


Alguma parte da torcida do Corinthians certamente estava torcendo por um resultado diferente, mas o que acabou vendo foi uma vitória por 2 a 1, sobre o Novorizontino, neste domingo, pela última rodada da fase de grupos do Paulistão. Com gols de Fábio Santos, cobrando pênalti, e do estreante Mandaca, o triunfo na Neo Química Arena acabou ajudando o rival Palmeiras.

Alvinegro mostram um futebol interessante e abre o placar de pênalti

O primeiro tempo parecia começar de maneira morna, mas quase um vacilo de Matheus Donelli deixou Douglas Baggio na cara do gol para abrir o placar para os visitantes. No entanto, a partir daí, o Timão tomou conta do jogo e passou a mostrar um bom repertório do meio para frente, mesmo sem tantas finalizações no alvo. Mateus Vital foi o primeiro a tentar, mas a zaga desviou.

Após Jô não conseguir um cabeceio, a velocidade e o dinamismo do Corinthians no ataque criou uma jogada para Gabriel Pereira finalizar, mas novamente a zaga do Novorizontino bloqueou. Cada vez melhor na partida, os corintianos fizeram bela tabela na frente com Camacho, que tocou para GP fazer o pivô e tocar para Vital chutar colocado e acertar a trave direita do goleiro Giovanni.

O Timão já merecia abrir o placar, quando mais uma boa tabela na direita deixou Roni livre para cruzar para a área e o zagueiro Robson desviar com o braço. Pênalti marcado para o Alvinegro. Fábio Santos, sempre ele, foi para a cobrança para converter e deixar os mandantes em vantagem em Itaquera.

Com o Palmeiras vencendo e sendo derrotado, o Novorizontino saiu para o ataque e levou perigo em algumas oportunidades no fim da primeira etapa, principalmente com Douglas Baggio, em chute que passou perto. O espaço para o contra-ataque possibilitou que Gustavo Mosquito e jô, quase ampliassem o placar para o Corinthians antes de ir para o intervalo.



Visitantes conseguem empate, mas Mandaca desempata em seguida

No início da segunda etapa, o Corinthians logo assustou com Mateus Vital, que aproveitou cruzamento de Gabriel Pereira. A equipe da casa parecia voltar ainda melhor do vestiário e quase ampliou como Gustavo Mosquito, que foi esperto e recuperou a bola e emendou um belo chute de esquerda, passando perto do gol de Giovanni. Roni ainda tentou chute cruzado, mas sem perigo.

O Novorizontino respondeu com uma finalização de Cléo Silva, defendida por Donelli. Mas o melhor lance veio quando Jenison foi derrubado infantilmente por Bruno Méndez na área. Pênalti marcado para os visitantes, que empatara com Douglas Baggio. O tentou reacendeu o ânimo do time do interior, mas em seguida veio o banho de água fria. Em cobrança de escanteio, Fábio Santos desviou no primeiro pau e o estreante Mandaca completou para o gol: 2 a 1.

Pouco depois do tento, Roni tabelou novamente com Gustavo Mosquito, que se ajeitou para bater, mas a bola foi para fora. Após três substituições de uma vez, o Novorizontino chegou com perigo e Murilo Rangel finalizou por cima do gol. Com o jogo mais sob controle, Mancini promoveu as estreias dos jovens Matheus Araújo e Felipe Augusto nos lugares de Roni e Mateus Vital.

Necessitando da vitória para não ser eliminado, o Novorizontino pouco assustou o Timão na reta final da segunda etapa, somente com Danielzinho, que quase marcou de voleio. Enquanto isso os mandantes, recheados de jovens, continuavam com jogadas ofensivas interessantes. Felipe Augusto, por exemplo, quase marcou de cabeça. O resultado, porém, ficou no 2 a 1 para o Alvinegro, que teve uma atuação digna e que trouxe alternativas para Mancini.

E agora?

Com a vitória, o Corinthians vai a 25 pontos no Grupo A do Paulistão e garantiu a terceira melhor campanha na primeira fase. Na próxima terça-feira, enfrenta a Inter de Limeira pelas quartas de final da competição. Já o Novorizotino, com essa derrota a vitória do Palmeiras acaba eliminado do estadual, pois ficou com 19 pontos, contra 21 do Verdão, que agora enfrenta o Red Bull Bragantino.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 X 1 NOVORIZONTINO
Local:
Neo Química Arena, São Paulo (SP)
Data-Hora: 9/5/2021 - 16h
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Alex Ang Ribeiro
VAR: José Claudio Rocha Filho
Público/renda: Portões Fechados
Cartões amarelos: Camacho (COR) Paulinho e Felipe Rodrigues (NOV)
Cartões vermelhos: -
Gols: Fábio Santos (38'/1ºT) (1-0), Douglas Baggio (15'/2ºT) (1-1), Mandaca (17'/2ºT) (2-1)

CORINTHIANS: Matheus Donelli; Mandaca (Léo Santos, aos 36'/2ºT), Bruno Méndez, Gil e Fábio Santos; Camacho e Roni (Matheus Araújo, aos 32'/2ºT); Gustavo Mosquito, Gabriel Pereira (Adson, aos 17'/2ºT) e Mateus Vital (Felipe Augusto, aos 32'/2ºT); Jô (Léo Natel, aos 17'/2ºT). Técnico: Vagner Mancini.

NOVORIZONTINO: Giovanni; Felipe Rodrigues (Ricardo Luz, aos 26'/2ºT), Bruno Aguiar, Robson e Paulinho; João Pedro (Lepu, no intervalo) e Léo Baiano (Pereira, aos 39'/2ºT); Danielzinho, Cléo Silva (Murilo Rangel, aos 26'/2ºT) e Douglas Baggio; Jenison (Guilherme Queiroz, aos 26'/2ºT). Técnico: Léo Condé.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários