Branco deixa hospital
Reprodução
Branco deixa hospital


O ex-lateral campeão do mundo na Copa de 1994, e que se destacou com a camisa de Fluminense, Internacional, Corinthians e Flamengo, Branco está recuperado da Covid-19 .

O coordenador da CBF passou cerca de um mês internado por conta da doença, no Rio de Janeiro. Ele esteve no programa "Bem, Amigos", de Galvão Bueno, nesta segunda, e contou que viveu momentos reflexivos na UTI.

- É tudo gratidão. Eu passei um momento muito difícil. As pessoas acham que esse vírus é brincadeira, e não é. Às vezes se torna repetitivo e chato dizer usem máscara, álcool em gel e não façam aglomerações. Mas é a pura verdade. Só quem sofre como eu sofri sabe que não é fácil. Mas lutamos. É agradecer a Deus, que me deu a oportunidade de sair dessa - comentou ele, que seguiu:

- Uma vida nova, uma nova caminhada. Refleti muito dentro daquele hospital nos 18 dias que eu fiquei - declarou o ex-jogador, que também fez uma série de agradecimentos pelas mensagens positivas e apoio.

Branco estava sorridente e já apresentava visível melhora na saúde. Ao ser questionado por Galvão se estava bem e preparado para voltar aos trabalhos como coordenador das categorias de base na Seleção, Branco
disse que o médico o liberou até para um churrasco.

- Hoje de manhã fui ao hospital e falei com o doutor Pantoja (um dos médicos que cuidou de Branco). Ele me liberou para trabalhar. Falou que posso comer aquele "churrasco" e tomar uma taça de vinho. E eu falei que ia estar no "Bem, Amigos!" e que ia cobrar dele (do Galvão) - declarou.

Branco deu entrada no hospital na Zona Sul do Rio com dores por conta da doença e foi internado, no dia 16 de março. Ele chegou a estar intubado no dia 19 de março. Após ser extubado e apresentar melhora em seu estado de saúde, o ex-atleta saiu do hospital em Copacabana, na Zona Sul do Rio, no começo de abril.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários