Cartolouco
Reprodução
Cartolouco


Ele insiste, treina, se dedica no dia a dia, mas ainda não foi dessa vez que Lucas Strabko , o Cartolouco , conseguiu convencer o técnico Sandro Sargentim a fazer sua estreia com a camisa do Resende . Assim, aproveitou mais uma semana de preparação da equipe para gravar novo episódio de sua websérie, agora como o braço direito do treinador em “Um dia como auxiliar-técnico”.

Após derrota para o Boavista, pela 8ª rodada do Campeonato Carioca , o Gigante do Vale teve uma semana livre para se preparar para a partida contra o lanterna Macaé. Foi quando o treinador resolveu dar uma chance a Cartolouco , mas não como jogador, e sim como seu auxiliar. Em nova função, assim como outras que já tinha vivido pelo clube, logo perceberia que nada é fácil no futebol.

Ao receber dicas de que o auxiliar-técnico precisa estar muito atento a todos os detalhes durante um treino, ajudando diretamente o treinador, Cartolouco parte para observar as partidas do adversário. O trabalho não para. É dentro e fora de campo. Em vídeo, analisam todos os pontos fortes e fracos do Macaé com a turma de analistas de desempenho, que captam e editam as imagens dos jogos.

Como homem de total confiança do treinador, o auxiliar está sempre por perto, trocando ideias e também dando suas opiniões. Cartolouco , inclusive, “invade” a privacidade de Sandro Sargentim para analisarem e assistirem, juntos, a Fluminense x Macaé, a última partida do adversário. É justamente em momentos como esse que se fortalece a amizade e o entrosamento dessas duplas no futebol.

Cartolouco até se mete na preleção, tenta fazer seu papel de auxiliar-técnico, mas, infelizmente, os jogadores não o levam muito a sério. Mas ele insiste, procura ajudar como pode. Já em campo, até se anima em sentar no banco, mas logo é proibido e tem mesmo que acompanhar de fora. No intervalo, o Resende já vencia por 1 a 0 e ele chega a passar sua visão do primeiro tempo ao treinador.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários