Arnaldo Ribeiro
Reprodução
Arnaldo Ribeiro


Durante o "Seleção SporTV " desta quarta-feira, o comentarista Arnaldo Ribeiro elogiou a dupla de ataque do PSG formada por Neymar e Mbappé . O jornalista, contudo, avaliou que muitas das lesões e agressões que o brasileiro sofre no Campeonato Francês são fruto de provocações do próprio atleta. A classificação na Liga dos Campeões em cima do Bayern de Munique e a boa atuação do jogador seriam exemplos desta conduta.

"Muito do que o Neymar apanha, ele procura. Porque ele faz algumas jogadas que não são produtivas. Ele poderia muito bem jogar de uma forma como jogou esses confrontos contra o Bayern. Ele sofreu alguma falta dura nesses confrontos contra o Bayern de Munique? Não, ele não “apanhou”. Porque ele jogou coletivamente, soltou a bola rapidamente, não driblou pra trás", avaliou o comentarista.

Você viu?

"E eu acho que a questão da “diversão”, e aí ele lembra um pouco o Ronaldinho Gaúcho, eu prefiro o jogador que seja efetivo em todas as partidas. O Ronaldinho Gaúcho , por um momento, foi isso e foi arte. O Neymar , por um momento foi isso e foi arte, e só arte não basta. E acho que o Neymar tá convencido disso. E acho que quão mais objetivo e solidário ele for, melhor pra carreira dele", concluiu Arnaldo.

O comentarista também falou da qualidade de Mbappé que, para ele, é um dos atletas na "prateleira dos principais jogadores". Arnaldo destacou a importância do francês para o jogo de Neymar e como eles podem ser uma das grandes duplas do futebol mundial.

"O Neymar tem o privilégio de jogar com ele. E aí, é um francês, num time francês, dividindo com ele o protagonismo, o que é bom pra ele, não é ruim pra ele, é ótimo pra ele. E os dois aí, como foram as grandes duplas do futebol mundial, podem fazer história, os dois juntos. E acho que o Neymar funcionou muito mais quando teve grandes parceiros a altura dele jogando, desde o início lá atrás com o Ganso", afirmou.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários