DF
Divulgação
DF

Com a decisão da Justiça Federal na noite de terça-feira (30) de determinar que o Distrito Federal (DF) retome medidas mais restritivas de combate à covid-19, os eventos esportivos marcados para Brasília em abril podem não acontecer.

Inclusive, a decisão da Supercopa do Brasil, entre Flamengo e Palmeiras, dia 11. Assim como o clássico do Rubro-Negro com o Vasco, que ainda não foi confirmado, mas cuja tendência é ser marcado para o Mané Garrincha.

A juíza Kátia Balbino de Carvalho determinou que o Distrito Federal volte com as medidas restritivas de março - e que acabaram na última segunda-feira (29) -, até que a ocupação das UTI's fique entre 80% e 85% de sua capacidade máxima (atualmente a estimativa é de 95% de ocupação). Durante o mês, apenas serviços essenciais puderam funcionar e eventos esportivos foram proibidos. O governo local pretende recorrer ainda nesta quarta-feira.

Se a decisão atual for mantida, não será apenas o jogo entre Flamengo e Palmeiras, no dia 11, que não poderá acontecer. O clube Paulista também jogará no Mané Garrincha a segunda partida da Recopa Sul-Americana, contra o Defensa Y Justicia (ARG), em 14 de abril.

Antes, está marcada a partida do Santos contra o San Lorenzo (ARG) pela pré-Libertadores, no dia 13. O clássico entre Flamengo e Vasco pode ser no mesmo estádio dois dias depois. Há também jogos da Copa do Brasil em outros locais do DF e mais 30 partidas da NBB a partir desta quinta-feira (1).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários