Corinthians
Reprodução
Corinthians

Corinthians foi eleito, nesta terça-feira, como o maior vencedor da década no programa "Seleção SporTV". Em ranking utilizado na atração, o Timão somou mais pontos por suas conquistas entre os anos de 2011 e 2020 - era onde venceu Libertadores, Brasileirão e Mundia l. Para André Rizek, o resultado não é surpreendente.

- O Corinthians é o maior vencedor da década. Acho que não há dúvidas quanto a isso. Ainda que a década vitoriosa tenha parado em 2017, com o título brasileiro. Depois disso, o Corinthians nunca mais se colocou na briga por títulos. O Flamengo e Palmeiras assumiram o protagonismo do futebol brasileiro. Mas até 2017, ninguém foi mais forte do que o Corinthians - comentou Rizek, que seguiu:

- São três Brasileiros, Libertadores, Mundial e quatro estaduais. O Corinthians é o último sul-americano a vencer o vencedor da Champions League. Tem sido muito difícil conquistar o Mundial e por isso o Corinthians é considerado o mais vitorioso da década.

O ranking feito criava uma soma para ser apontado o maior vencedor por grau de importância de cada conquista. O Mundial, vencido pelo Corinthians em 2012, teria o maior peso, com cinco pontos. Além disso, Libertadores soma quatro pontos, Brasileirão arrecada três para os clubes, Copa do Brasil e Sul-Americana alcança dois pontos, e os estaduais totalizam 0,5 ponto.

Além do Mundial e Libertadores, em 2012, o Corinthians venceu Campeonatos Brasileiros em 2011, 2015 e 2017, e Campeonatos Paulistas de 2013, 2017, 2018 e 2019. O Alvinegro somou 20 pontos e foi eleito pelo "Seleção" como a equipe da década do futebol brasileiro.

- O Palmeiras conquistou uma Libertadores, dois Brasileiros, três Copas do Brasil e um Estadual. Segundo os critérios, o Palmeiras somou 16,5 pontos. Se tivesse voltado do Catar com o título Mundial, seria o líder, mas não conseguiu - lembrou Rizek.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários