Lula
Reprodução: iG Minas Gerais
Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deu sua primeira coletiva de imprensa após a anulação das condenações na Lava Jato , nesta manhã, no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo .

O assunto repercutiu no mundo esportivo. Um dos primeiros a se manifestar foi o lateral do Fluminense , Igor Julião . Por meio das redes sociais, o jogador falou sobre o fato. "Que discurso fantástico. Um sopro de esperança depois de tanto caos!", escreveu.



Você viu?

Julião já é conhecido no meio do futebol por ser um jogador ligado ao pensamento de esquerda política. Em entrevista feito no último mês de maio para o jornal O Globo, ele disse que se preocupa com as pautas da igualdade social e identitária. “É um lugar (O futebol) extremamente hostil para alguém da comunidade (LGBTQ) ou uma mulher trabalharem. E não adianta eu brigar com as pessoas porque essa é a mentalidade do meio. Na posição em que estou hoje não vale a pena comprar uma briga dessas”, disse.

Ele aliás, foi um eleitor declarado do ex-prefeito Fernando Haddad (PT). Nos dois turnos das eleições presidenciais de 2018, ele foi votar com uma camisa em homenagem à vereadora Marielle Franco (PSOL). 

Antes, o ex-jogador Juninho Pernambucano lamentou, em suas redes sociais, o fato do ministro Kássio Nunes Marques , indicado do presidente Jair Bolsonaro ao STF , ter pedido vistas para avaliar o processo sobre a suspeição do ex-juiz Sergio Moro na Lava Jato . O pedido de Nunes fez com que a decisão sobre a suspeição de Moro nos processos contra Lula fosse adiada.

“Kassio vota a favor de se manter o julgamento, daí depois do voto de GM ele pede vista ? E se depender de Carmen Lúcia, ela vai de acordo com a grande imprensa, essa senhora morre de medo de câmera de tv. Pelo menos vimos o maior culpado de tudo que estamos vivendo, sendo moído”, escreveu o ex-atleta, se referindo ao ex-juíz Sérgio Moro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários