Red Bull Bragantino e Corinthians empatam sem gols na estreia pelo Paulistão-2021
Alexandre Guariglia
Red Bull Bragantino e Corinthians empatam sem gols na estreia pelo Paulistão-2021


Neste domingo, poucos dias após o término do Brasileirão, Red Bull Bragantino e Corinthians se encontraram em Bragança, pela 1ª rodada da fase de grupos do Paulistão, e ficaram apenas no empate em 0 a 0. Mesmo com o amplo domínio dos mandantes, o time não conseguiu abrir o placar, enquanto o Timão promoveu a estreia de jovens da base e mostrou muita dificuldade.

Primeiro tempo de altos e baixos para ambos, mas RB foi melhor

O jogo começou como era de se esperar, com o Bragantino se impondo e jogando dentro do campo corintiano. Com um time melhor e embalado, facilmente dominou as ações ofensivas. A primeira chance veio com Claudinho, que fez boa jogada individual antes de finalizar para boa defesa de Cássio. Em seguida, foi a vez de Lucas Evangelista bater de fora da área e exigir nova defesa de Cássio, que deu rebote, mas Artur chutou muito mal e perdeu o gol.

Com domínio, mas sem conseguir transformá-lo em gols, o RB viu o Corinthians crescer na partida. Aos 18 minutos, Léo Natel recebeu passe do estreante Rodrigo Varanda e arriscou de fora, fazendo a bola passar perto da trave. Pouco depois, Mateus Vital e Gabriel tabelaram pela esquerda e volante cruzou para a área, onde Varanda quase conseguiu completar para abrir o placar.



O jogo passou a ficar mais equilibrado. Lucas Evangelista teve três boas chances para o Bragantino, mas as finalizações não saíram da forma esperada. Claudinho também teve, mas sem sucesso. Ainda antes do fim do primeiro tempo, Gabriel e Lucas Piton arriscaram para o Timão, porém o êxito não veio. Assim a partida foi empatada em 0 a 0 para o intervalo no Nabi Abi Chedid.

No segundo tempo, só deu Red Bull Bragantino; Corinthians foi inofensivo

O Bragantino voltou para a segunda etapa com a mesma intenção do primeiro etapa: dominar as ações da partida. E conseguiu, mas com menos ímpeto, já que não conseguiu criar boas chances logo de cara. Aos 10 minutos, Claudinho arriscou um chute, mas que ficou fácil para Cássio. O mesmo Claudinho, aos 16, deixou Vitinho na cara do gol, mas o ex-Palmeiras perdeu grande chance.

Já o Corinthians pouco ameaçava a defesa adversária, sendo dominado facilmente e perdendo o equilíbrio que havia conquistado antes do intervalo. Dessa forma, Mancini fez logo três alterações, colocando Gustavo Mosquito, Cauê e Gabriel Pereira em campo. Logo em seguida, em boa jogada do RB, Helinho recebeu e bateu forte, exigindo nova grande defesa de Cássio.

Algumas outras alterações foram feitas, mas o jogo passou a ficar mais travado, sem grandes chances para ambos os times. Aos 43, após cobrança de falta, Léo Ortiz marcou um gol, mas o VAR checou e viu impedimento do zagueiro. O lance gerou discussão, mas os ânimos se acalmaram. A calma foi tanta que a partida acabou terminando em 0 a 0, com os dois lados deixando a desejar.

E agora?

Com o resultado, cada um ganha um ponto em seus grupos. Ambos os times voltam a campo na próxima quarta-feira pelo Paulistão-2021. Enquanto o RB, no Grupo C, enfrenta o São Caetano fora de casa, às 19h, o Timão, no Grupo A, recebe o Palmeiras, para clássico na Neo Química Arena, também às 19h.

FICHA TÉCNICA
RED BULL BRAGANTINO 0 X 0 CORINTHIANS

Local: Bragança Paulista, São Paulo (SP)
Data-Hora: 28/2/2021 - 18h
Árbitro: Thiago Luis Scarascati
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Neuza Ines Back
VAR: José Claudio Rocha Filho
Público/renda: Portões Fechados
Cartões amarelos: Vitinho (RBB) Cantillo e Cauê (COR)
Cartões vermelhos: -
Gols: -

RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Edimar; Raul, Lucas Evangelista e Claudinho; Artur (Cuello, aos 38'/2ºT), Vitinho (Helinho, aos 22'/2ºT) e Ytalo (Hurtado, aos 38'/2ºT). Técnico: Maurício Barbieri.

CORINTHIANS: Cássio; Bruno Méndez, Jemerson, Gil e Lucas Piton; Gabriel (Cazares, aos 31'/2ºT), Ramiro e Cantillo; Rodrigo Varanda (Gustavo Mosquito, aos 24'/2ºT), Mateus Vital (Gabriel Pereira, aos 24'/2ºT) e Léo Natel (Cauê, aos 24'/2ºT). Técnico: Vagner Mancini.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários