Inter x Corinthians
Ricardo Duarte / Internacional
Inter x Corinthians

O mais improvável aconteceu:  o São Paulo venceu o Flamengo no Morumbi, mas o Internacional não conseguiu cumprir a sua parte no Beira-Rio e apenas empatou em 0 a 0 com um bravo Corinthians , que teve o grande Cássio como melhor em campo, salvando os visitantes da derrota. Com o resultado, o clube carioca acabou conquistando o título brasileiro e o Colorado ficou com o vice.


Inter não "sente" a decisão e Timão tem atuação honesta

O primeiro tempo teve início para uma das decisões do Campeonato Brasileiro nesta última rodada, mas a verdade é que o jogo começou bem parado, O Alvinegro, dentro de sua limitação, esperava o adversário, enquanto os donos da casa mostravam pouca intensidade. Tanto é que quem teve a melhor chance nos primeiros minutos foi o Timão, com Ramiro, que chutou na rede de fora.

Pouco tempo depois, Edenílson fez boa jogada individual e Cássio defendeu tranquilamente, assim como um cabeceio de Victor Cuesta. Naquele momento, o Inter já indicava melhora e em seguida o lance mais polêmico do jogo. Moisés foi até a linha de fundo e tentou tocar para trás, mas Ramiro impediu a passagem da bola com o braço. No campo, o árbitro marcou pênalti, mas após checagem no VAR, a penalidade foi cancelada, gerando o nervosismo colorado.

Enquanto isso, o Corinthians se mantinha em seu jogo honesto, e Cazares tentava enfiar bolas para deixar Jô na cara do gol, mas os erros de passe no meio prejudicaram a atuação. Em um deles, o Inter contra-atacou e Patrick deixou Yuri Alberto na cara do gol para abrir o placar no Beira-Rio, mas o VAR novamente viu irregularidade no lance, pois o atacante estava impedido.

Machucado, Rodrigo Dourado precisou deixar o campo para a entrada de Rodrigo Lindoso, mas o Colorado ainda foi para o intervalo com uma boa noticia, pois o São Paulo havia aberto o placar no Morumbi, com Luciano. Com o resultado, bastava aos gaúchos vencerem o Corinthians dentro de casa.

Resultado em São Paulo ajuda, mas Inter para em Cássio

Diferentemente do que aconteceu na primeira etapa, a emoção não demorou a aparecer no segundo tempo. Aos quatro minutos, em bonita troca de passes, Heitor cruzou na cabeça de Edenílson, que finalizou para o gol, mas Cássio fez uma grande defesa. Enquanto isso, no Morumbi, o Flamengo empatava a partida. O Inter ainda dependia apenas de uma vitória para ser campeão.

Você viu?

De fato, o jogo melhorou e até o Corinthians se arriscou. Cazares saiu na cara do gol e a zaga do Inter acabou salvando. Enquanto isso, no Morumbi, o São Paulo fazia o segundo gol e abria 2 a 1. Mas no Beira-Rio, Cássio continuava salvando. Com um desvio leve, o goleiro corintiano mandou a bola na trave após chute de Caio Vidal de fora da área, evitando a abertura do placar.

O Internacional, apesar de estar dependendo apenas de suas forças por causa do placar em São Paulo, seguia sem ritmo de decisão e apresentava pouco repertório para chegar ao primeiro gol, que seria do título. Sem agredir na frente, quase tomou atrás, quando Léo Natel cruzou para a área e Jô quase alcançou. Mesmo com as mudanças, o Colorado não conseguia levar perigo.

Lucas Ribeiro, aos 37, subiu mais do que a zaga, mas cabeceou para fora, deixando o fim de jogo ainda mais dramático. Galhardo teve uma chance, mas não alcançou a bola. A insistência no jogo aéreo favorecia a defesa do Corinthians, que tirava todas da área, terminando o jogo com três zagueiros.

No último minuto, o Internacional chegou a comemorar um gol de Edenílson, mas o VAR viu impedimento e confirmou a visão do bandeirinha em campo. Ainda houve um último lance de bate e rebate na área, mas Lucas Ribeiro chutou por cima, chutando para longe a chance de título do time gaúcho.

Sem condições físicas de colocar mais intensidade no jogo, o Colorado não conseguiu cumprir sua parte e acabou com o vice-campeonato brasileiro, com 70 pontos contra 71 do Flamengo. Já o Timão terminou a competição com 51 pontos, na 12ª colocação, sem a vaga direta na terceira fase da Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 0 X 0 CORINTHIANS
Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data-Hora: 25/2/2021 - 21h30
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Bruno Raphael Pires (Fifa/GO)
VAR: Rodrigo D'Alonso Ferreira (SC)
Público/renda: Portões Fechados
Cartões amarelos: Fábio Santos e Cantillo (COR)
Cartões vermelhos: -
Gols: -

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Heitor (Lucas Mazetti, aos 33'/2ºT), Lucas Ribeiro, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado (Rodrigo Lindoso, aos 40'/1ºT), Edenílson, Praxedes (Thiago Galhardo, aos 24'/2ºT) e Patrick; Caio Vidal (Peglow, aos 33'/2ºT) e Yuri Alberto (Abel Hernández, aos 24'/2ºT). Técnico: Abel Braga.

CORINTHIANS: Cássio; Bruno Méndez (Marllon, aos 36'/2ºT), Jemerson, Gil e Fábio Santos; Cantillo (Camacho, aos 31'/2ºT), Ramiro (Xavier, aos 31'/2ºT) e Roni (Mateus Vital, aos 26'/2ºT); Otero (Léo Natel, aos 26'/2ºT) , Cazares e Jô. Técnico: Vagner Mancini.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários