Após depositar dinheiro por engano na conta de Neilton, jovem explica confusão ao L!: 'Errei um dígito'
Reprodução / Coritiba
Após depositar dinheiro por engano na conta de Neilton, jovem explica confusão ao L!: 'Errei um dígito'


A internet é conhecida por ser uma terra de histórias fascinantes. O futebol também é um esporte que coleciona grandes histórias. Quando os dois se juntam, não tem erro. E foi isso que aconteceu na última segunda-feira, quando uma história de um depósito feito por engano na conta do atacante Neilton , do Coritiba , viralizou e chamou a atenção de muitos no Twitter.

Tudo começou quando o jovem Pedro Otávio relatou em sua conta que havia feito um depósito no valor de R$ 1.088,37 na conta do jogador Neilton por engano, e que estava tentando entrar em contato com ele para tentar desfazer a confusão. Internautas se uniram, fizeram uma campanha e conseguiram criar a ponte entre os dois para resolver a situação.

Pedro conversou com exclusividade com o LANCE! e explicou como tudo isso aconteceu. Ele, que trabalha em uma imobiliária na cidade de Pitanga, no Paraná, foi fazer o repasse de um aluguel para o proprietário de um imóvel, quando errou um dígito da conta bancária e acabou transferindo o dinheiro para a contar do atacante sem saber.

- Eu trabalho numa imobiliária aqui na minha cidade em Pitanga, no Paraná e a gente faz repasses de aluguel aos proprietários. Aconteceu que no final do dia de uma quinta-feira eu fui fazer um depósito para um proprietário e errei um dígito. Na segunda-feira (22), uma moça que trabalha comigo na imobiliária foi fazer o confere dos depósitos e viu que esse depósito estava no nome de outra pessoa. Ela me chamou e disse que estava errado. A gente ficou louco para achar quem era a pessoa, e quando ela foi pesquisar, ela viu que só dava num nome de jogador. Eu pedi para olhar e vi que era o Neilton. Eu pensei: 'Não deve ser o Neilton, né'. E era, cara (risos). Bateu a data de nascimento e o nome era igualzinho no comprovante - contou.

Você viu?

Pedro contou que tentou fazer contato com o atacante de diversas formas, porém nenhuma delas deu certo. Ele chegou até a ligar diretamente para o Coritiba, que não conseguiu resolver o problema. Foi quando ele teve a ideia de relatar o ocorrido no Twitter, que salvou, literalmente, sua pele.

- Eu tava igual um louco tentando falar com a assessoria dele, com ele, liguei lá no Coxa (Coritiba) e o pessoal do RH falou que ia passar para o empresário dele, mas ninguém entrou em contato comigo depois. Acabou que eu postei no Twitter para ver se chegava até ele. Aí o pessoal começou a marcar ele e acabou que a noite ele me respondeu. Aí ele falou que chegou um cheque nesse valor e que assim que possível ele iria devolver o valor. Aí hoje (terça-feira, 23), ele conseguiu devolver o valor para mim - explicou.

A história viralizou de forma muito rápida. No momento em que esta matéria foi publicada, o tweet contava com 4.038 retweets e mais de 46 mil curtidas. O jovem conta que, se não fosse a iniciativa de pessoas que participaram da "missão" e que lhe ajudaram através da rede social, a resolução do problema seria mais difícil.

- Acredito que tenha sido graças a galera que ajudou a correr atrás dele. Apareceram várias pessoas dizendo que conheciam o cara e que podiam me ajudar de alguma forma. Foi um pouquinho da ajuda de todos! (risos) - concluiu.

* Estagiário sob supervisão de Ricardo Guimarães .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários