Filipe Luís
Divulgação
Filipe Luís

O lateral-esquerdo Filipe Luís , próximo de ser mais uma vez campeão com o Flamengo , de uma longa entrevista ao jornal inglês Daily Mail, na semana em que as duas equipes em que jogou na Europa, Atlético de Madrid e Chelsea , medem forças na Champions League .

Chamou a atenção as falas sobre o antigo técnico argentino Simeone, que o treinou no time espanhol. "Agora recebo e mando mensagens dele como amigo, mas cada vez que recebia como jogador era estressante. Simeone me disse: 'Volta, vamos ganhar de novo e preciso de um ala como você'. Voltei e joguei bem. Ele trouxe o melhor de mim. Ele conhecia cada centímetro do meu cérebro", afirma o lateral. 

Ainda sobre o argentino, o brasileiro cravou: "Não é fácil jogar para Simeone. Ele não tem coração. Ele nunca diz 'que pena, pobre jogador, tenho que fazer isso ou aquilo'. Não. Ele decidirá o que tem para decidir, apenas para ganhar. E ele nunca perde tempo. Ele nunca fará uma sessão de divertimento. Eu era um zagueiro deficiente em dezembro quando ele chegou e o melhor lateral esquerdo do mundo em janeiro. Ele é a única pessoa que tirou isso de mim", comenta.

Além de outros assuntos, o lateral também falou sobre o atacante Messi , do Barcelona , com que teve várias disputas durante sua passagem em Madrid. "Um dia gostaria de perguntar ao Messi como se sentiu jogando contra mim. Ele improvisa. Observa o movimento do zagueiro e, dependendo da posição do seu corpo, vai de um jeito ou de outro. Tinha jogos em que eu fui longe demais e fui expulso, mas ele nunca me atacou; ele nunca disse nada. Acho que ele gostou, acho que ele gosta desse tipo de desafio. Meus melhores jogos foram sempre contra o Messi", conta.

    Leia tudo sobre: Lionel Messi

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários