Vasco
Lance!
Vasco

Indignado com o primeiro gol marcado pelo Internacional , por Rodrigo Dourado, em que o VAR não pôde atuar por causa de um erro na calibragem das linhas de impedimento, o Vasco pensou na possibilidade de não voltar para o segundo tempo.

Quem revelou foi o técnico Vanderlei Luxemburgo na coletiva após a derrota por 2 a 0 em São Januário.

O comandante vascaíno mostrou indignação com o problema do VAR, que acabou sendo decisivo. E não entende o porquê de o jogo não ficar paralisado até que uma solução fosse encontrada.

"Pensamos sim, mas correríamos o risco de perder mais pontos além dos três. Se acabar a luz, tem que esperar voltar a luz. Se a linha não está funcionando, tem que esperar voltar a funcionar. Eles não tiveram a sensibilidade de fazer isso e foram prepotentes. O VAR está aí para auxiliar, isso é uma falta de respeito", afirmou Luxa.

Para o treinador, os muitos erros envolvendo arbitragem e o VAR ao longo das rodadas mancham o Campeonato Brasileiro de 2020.

"Não só pelo que aconteceu hoje, mas o campeonato está manchado pela sequência de erros que aconteceram na competição. Hoje foi o pior de todos. Se há intenção ou não, só falo o seguinte: foram 18 erros contra o Vasco e cinco a favor. São muitos erros contra o Vasco, a equipe mais prejudicada pela arbitragem" desabafou o treinador, que ainda completou: "O único jogo do Brasileiro que não teve essa do VAR foi esse. O que me preocupou foi eles tirarem a câmera do Vasco que está há muito tempo no mesmo lugar. É um absurdo grande. Caboclo (Rogério Caboclo, presidente da CBF) tem que investigar".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários