Lance

Carioca
Divulgação
Carioca

Buscando um acordo sobre os direitos televisivos do cariocão 2021, a Ferj prepara uma transmissão inédita para a próxima temporada. Com a indefinição sobre a exibição das partidas na TV aberta, o estadual do Rio de Janeiro terá uma espécie de pay-per-view com comunicadores ex-Fox Sports.

As informações foram dadas inicialmente pelo Uol. De acordo com a publicação, o executivo ex-Globo Marcelo Campos Pinto lidera as negociações que prometem alterar a forma como o Carioca é exibido. Além das mudanças em programações das partidas, os mandatários do projeto da Ferj estão prevendo criar canais em redes sociais - YouTube e Facebook - para aproveitar o conteúdo.

A ideia é ter programas pré e pós-jogos. Alguns comunicadores demitidos do Grupo Disney em 2020 foram convocados: Lívia Nepomuceno, que deixou o canal após seis anos, e Flávio Winick, ex-repórter da Fox Sports, assim como outros três diretores e produtores, acertaram com a Federação.

O modelo deve seguir o modelo adotado pela Conmebol na Libertadores e Copa do Nordeste, ou seja, o público "paga para assistir" determinados jogos ou investindo em adquirir por todas as partidas. A expectativa é acertar todos os integrantes até o fim deste mês, quando começa o Carioca.

Esta não seria a primeira vez que grandes eventos esportivos deixam de estar na Rede Globo. Quanto a TV aberta, a expectativa é que o SBT acerte os direitos de transmissão - embora a Globo ainda tenha cláusulas contratuais pendentes com alguns times. Saiba mais aqui.

Os direitos do Campeonato Carioca pertenciam ao Grupo Globo até 2020, quando um imbróglio, causado pela MP 984, permitiu que o Flamengo quebrasse a cláusula de exclusividade da competição e transmitisse seus jogos outra plataforma. As consequências desagradaram aos executivos da Globo, que avaliaram os custos e optaram pela rescisão contratual.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários