Lance

Christian Esmério
Reprodução
Christian Esmério


"Apenas uma promessa": assim que Arley Carvalho, advogado que representa a família de Christian Esmério , trata a intenção do Flamengo de se aproximar dos familiares das 10 vítimas do incêndio que atingiu o CT do clube há dois anos, em 8 de fevereiro .

Ao LANCE! , Arley explicou que os pais do goleiro que só tiveram contato com a diretoria uma única vez desde que Rodrigo Dunshee, VP Geral e Jurídico, afirmou que "o clube havia acordado" e iria rever a condução do caso, em depoimento na CPI dos Incêndios da Alerj, em fevereiro de 2019.

- Na verdade, houve um contato há uns cinco e seis meses atrás e novamente a diretoria deixou a desejar. Nem responder que sim ou que não eles fizeram. Então, não, isso não aconteceu. Apenas uma promessa - afirmou o advogado.

Por outro lado, Rodrigo Dunshee, vice-presidente geral e jurídico do Flamengo, foi procurado pelo LANCE! e reforçou que está em contato com os familiares de Christian Esmério. Confira o posicionamento do dirigente do clube mais abaixo.

Em 23 de dezembro de 2020, o Flamengo anunciou - em nota publicada em seu site oficial - que fechou acordos com familiares de oito vítimas do Ninho: Arthur Vinicius, Athila Paixão, Bernardo Piseta, Gedson Santos, Jorge Eduardo, Samuel, Pablo Henrique, Vitor Isaías e o pai de Rykelmo. Além da mãe de Rykelmo, que acionou o clube na Justiça, resta o acerto com a família de Christian Esmério.

Na ocasião, Dunshee diz ter tido uma reunião com os pais de Christian, a qual considerou "boa" e disse estarem "no caminho de uma conciliação". Ao L! , Arley Carvalho contrariou o VP do clube, a quem diz que pode até "ter faltado um pouco de ética", caso ele tenha feito esse contato direto com os familiares.

- Eles e nós temos advogados constituídos. O Rodrigo Dunshee é advogado, sabe quais são os trâmites. Se ele fez esse contato direto, faltou até um pouco de ética. Temos um advogado. Aproveitar da dor da família para isso não é o propósito. Mas nossos clientes são bem firmes no posicionamento dele. Enfim, não evoluiu - explicou Arley, que nega que os familiares de Christian Esmério sintam-se pressionados pelos acertos das demais famílias com o Flamengo:

- São os pais, estão muito tranquilos quanto a isso. Só fazemos o que é da vontade deles. Damos o suporte jurídico, com aquilo que sabemos lidar, mas a decisão é sempre deles. Não tem qualquer pressão de ter que aceitar ou não. Não tem pressão. A mãe do Rykelmo já judicializou, mas nós estamos aguardando o inquérito. Não entendemos essa demora. Ficamos nessa angústia, um prazo muito acima do esperado para a conclusão do inquérito.

A VERSÃO DE RODRIGO DUNSHEE

Em contato com o L! nesta sexta-feira, Rodrigo Dunshee reforçou que está, sim, em contato com a família de Christian Esmério, e, inclusive, uma nova reunião entre as partes está agendada. Por ora, segundo o VP, são "contatos informais", nos quais a questão financeira, relativa à indenização, não é abordada.

- Eu acho quem tem que falar é a família. Eu estive com o Cristiano e a esposa dele, aqui no clube (Gávea), e tenho marcado outra conversa, daqui a uma ou duas semanas, ainda não firmamos uma data concreta. Não existe processo judicial, não tenho que me pautar, sou parte, entendeu? Não estou como advogado, estou como ser humano, conversando com essas famílias. Algumas situações que eles gostariam de entender, por exemplo, eu tenho conversado com eles. Quando formos avançar para uma questão financeira, de acordo, certamente os advogados serão envolvidos e entrarão em contato com os advogados do Flamengo. Mas, neste momento, acho que ele (advogado) está desinformado e deveria se informar melhor com os clientes dele - afirmou.

O INCÊNDIO NO NINHO DO URUBU

Além de Christian Esmério, de 15 anos, o incêndio no alojamento das divisões de base do Flamengo vitimou Athila Paixão (14), Arthur Vinícius (14), Bernardo Pisetta (14), Gedson Santos (14), Jorge Eduardo Santos (15), Pablo Henrique (14), Rykelmo de Souza (16), Samuel Thomas Rosa (15), e Vitor Isaías (15).

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro denunciou Eduardo Bandeira de Mello, ex-presidente do Flamengo, e outras dez pessoas - denúncia a qual foi aceita pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) no dia 20 de janeiro.

Você viu?

Além do inquérito entregue pela Polícia Civil, o Ministério Público contou com as informações colhidas pela CPI dos Incêndios, que ouviu representantes do Flamengo, NHJ, Light, e Corpo de Bombeiros, entre outros órgãos responsáveis, em sessões na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, antes da pandemia do coronavírus. O deputado Alexandre Knoploch (PSL), que preside a Comissão Parlamentar de Inquérito, falou ao LANCE! sobre a colaboração dada.

Outras respostas de Arley Carvalho, advogado da família de Christian Esmério:

O Flamengo já afirmou que só oferecerá o mesmo valor que foi acordado com as outras famílias. Como está essa situação e quais seriam os próximos passos no caso do seu cliente?

Isso é conversa para a torcida, eu duvido muito que todos acordos tenham sido no mesmo valor, nas mesmas condições. Cada caso é uma caso. O Flamengo coloca cláusula de confidencialidade com multa caso isso vaze, então você vê que não procede muito. Se fosse, não exigiria essa cláusula. Duvido muito que todos tenham sido no mesmo valor e condições.

O senhor acompanhou a CPI? Como recebeu os depoimentos dados pelos representantes do Flamengo e demais partes convocadas a comparecer na Alerj?

Vou te dar um exemplo. Se assumo o papel de presidente de um clube, o responsável sou eu. É o presidente quem tem o poder de delegar, de escolher a equipe, então é o responsável. Achei grotesco a forma como as diretorias se auto acusavam, sem uma falar com a outra (na CPI). Pareciam inimigos. Para mim, os responsáveis são os presidentes Bandeira e Landim. A responsabilidade é dos dois. Quando Landim foi eleito, teve uma transição com uma equipe indicada por ele. O responsável geral é o presidente. Esse é o X da questão, é saber se o Bandeira, o Landim ou os dois são responsabilizados.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários