Flamengo
Instagram
Flamengo

As vendas dos atacantes Lincoln e Yuri César fizeram o Flamengo  bater sua meta de transferências para o primeiro semestre de 2021, porém, o clube carioca terá que obter mais de R$ 100 milhões em vendas a partir da segunda metade do ano. As informações são do portal "UOL".


Com o orçamento da temporada prejudicado por conta dos insucessos na Copa do Brasil e na Libertadores de 2020 , o clube carioca terá que buscar alternativas para conseguir ter suas contas positivas no ano. Com isso, as transferências são consideras essenciais.

Para o primeiro semestre, o Flamengo precisava ter negociações de R$ 50 milhões para ter fluxo de caixa. Ao todo, o clube carioca previu a venda de R$ 168 milhões. Com isso, ainda faltaria mais de R$ 100 milhões na segunda parte do ano.


Com as transferências de Yuri César e Lincoln , o Flamengo não viu urgência na venda de Everton Ribeiro e por isso não aceitou a oferta dos árabes. Porém, as coisas podem mudar a partir da segunda metade do ano, caso outras vendas não aconteçam.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários