Lance

Empresa de engenharia faz estudo de viabilidade para Fluminense revitalizar as Laranjeiras
Mailson Santana/Fluminense F.C.
Empresa de engenharia faz estudo de viabilidade para Fluminense revitalizar as Laranjeiras

O Fluminense divulgou os detalhes do trabalho da Encopetro Engenharia Estrutural, que foi contratada com o intuito de dar viabilidade para a revitalização do Estádio das Laranjeiras . De acordo com informações divulgadas no site oficial do clube, desde a última segunda-feira a empresa de engenharia está com suas atenções voltadas na segurança estrutural, avaliando a capacidade de público que as arquibancadas (sociais e populares) conseguem suportar. O próximo passo é iniciar as etapas de reforma do estádio.

A empresa iniciou o levantamento geométrico da estrutura localizando meticulosamente todas as vigas e colunas do estádio. Segundo Robson Luiz Gaiofatto, que é o engenheiro responsável pela fase preliminar das obras do Estádio Presidente Manoel Schwartz, o primeiro passo é fazer um mapeamento de danos.

- São estruturas de concreto armado muito antigas, que datam antes de 1920. Uma época em que o concreto ainda era um material muito novo, sem normatizações e regulamentações a nível mundial. Precisamos saber com que materiais foram construídas estas arquibancadas e de que maneiras elas foram projetadas para que possamos avaliar a capacidade de carga - afirmou.

A empresa calculará quais intervenções serão necessárias para que haja uma capacidade de reabilitação na sua capacidade de resistência.

- Depois virão outros estudos, como segurança e acessibilidade, que já fazem parte de uma segunda etapa - adiantou Gaiofatto.

A previsão de entrega do laudo da parte estrutural do estádio é de três meses. De acordo com o mandatário do Fluminense, Mário Bittencourt, o parecer será crucial para a sequência da obra.

- Somente após este diagnóstico saberemos, com exatidão, o orçamento para fazer a obra aqui. Infelizmente, são 25 anos sem uma adequada manutenção do estádio, principalmente nas arquibancadas populares, onde há uma degradação acentuada - detalhou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários