Bolsonaro
Reprodução
Bolsonaro

O presidente  Jair Bolsonaro é um dos convidados da Conmebol para assistir do Maracanã, no dia 30 de janeiro, a final da  Libertadores  entre Palmeiras e Santos , que já tem os uniformes definidos . A informação é do jornalista Marcel Rizzo. 

Porém, se quiser participar da festa, ele terá que seguir alguns protocolos, entre eles, apresentar teste negativo de covid-19 feitos até 96 horas antes do confronto, marcado para as 17 horas. Por outro lado, quem foi contaminado após 30 de outubro de 2020, três meses antes da partida, poderá apresentar o teste que detecta os anticorpos.

Além disso, o presidente do país também terá que obrigatoriamente usar a máscara de proteção, algo que tem se recusado a fazer. Diante dessas exigências, ainda não é certa a presença de Bolsonaro na final, mesmo ele se declarando palmeirense. Vale lembrar que ele comemorou o título brasileiro do Palmeiras em 2018, quando esteve no Allianz Parque.

Assim como em outras competições em diversos países do mundo, diante da pandemia do novo coronavírus, a final da Libertadores não terá a presença de torcida, entretanto, ambos os finalistas, a Conmebol e patrocinadores terão direito a alguns convidados.

Palmeiras e Santos terão 150 ingressos cada e a Conmebol fez convite a autoridades e alguns dirigentes, após o Rio de Janeiro autorizar a capacidade de 10% do Maracanã

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários