Lance

Grêmio x Atlético-MG
Lucas Uebel | Grêmio FBPA
Grêmio x Atlético-MG


Em um duelo de muito equilíbrio, Grêmio e Atlético-MG ficaram empatados em 1 a 1. Hyoran, de pênalti, abriu o placar para o Galo e Everton deixou tudo igual na partida desta quarta-feira, na Arena do Grêmio, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro .

Você viu?

O jogo teve alternâncias no comando, com o Galo controlando a maior parte das ações, enquanto os gaúchos foram buscar o resultado mais na força, do que em um jogo de oa fluidez da defesa para o ataque.

No fim, o resultado foi ruim para ambos, já que o Tricolor chegou aos 51 pontos, se manteve na sexta posição e fica mais longe da briga pelo título. Já o Galo, perdeu a oportunidade de ficar a apenas um ponto do líder São Paulo. Segue na terceira posição, com 54 pontos e um jogo a menos do que os rivais.

Jogo mais “brigado” do que “jogado”

Grêmio e Atlético-MG ficaram se “estudando” nos primeiros 15 minutos de jogo. Pouco tentaram ir ao ataque e trocavam passes, sem muita efetividade ofensiva. Eram dois times bem postados em, com marcação “alta”, só com jogadas individuais e boas triangulações para abrirem as defesas.

Galo ousou um pouco mais e saiu vencedor no primeiro tempo

Com a forte marcação dos dois lados, Galo e Grêmio teriam de recorrer às individualidades dos seus jogadores de frente. Se Pepê e Diego Souza não renderam o esperado, Keno, Vargas e Savarino foram mais efetivos. Em uma jogada de Keno com Vargas, o Atlético fez ótima troca de passes perto da grande área, deixando Arana na cara do gol, o que obrigou Thaciano a derrubar o jogador alvinegro.

Hyoran, novo cobrador oficial, foi eficaz e abriu o placar na Arena. A equipe de Sampaoli conseguiu um gol precioso em um duelo muito equilibrado.

Grêmio avança em busca do empate, mas fica exposto

O Tricolor Gaúcho abre mão de uma postura mais defensiva no segundo tempo e tenta fazer o seu gol de empate. Renato colocou Pinares e Maicon, que se aproximaram dos homens de frente, gerando boas chances de marcar. Porém, a equipe do sul deixava espaços para bons avanços do Galo, que teve oportunidades com Keno e Vargas para ampliar o placar. Foi um “xadrez” da bola em Porto Alegre.

Galo “ladrão” de bolas

A eficiência defensiva do Atlético-MG no jogo aconteceu porque o time roubou muitas bolas no ataque. A equipe de Sampaoli conseguiu recuperar a bola no campo gremista em pelo menos 10 oportunidades, o que lhe propiciava chegar ao gol de Vanderlei mais rapidamente, sem desgastar e expor a defesa alvinegra.

Na insistência, gol de empate gremista

O Tricolor não fazia um grande jogo, mas com as mudanças de Renato na equipe, foi para cima do Galo e conseguiu empatar o duelo na força, com Everton, ganhando força emocional para tentar a virada na arena gremista.

Grêmio não derrotou times do G6

A equipe de Renato Portaluppi tem boa campanha, mas para o título precisava de mais, pois não derrotou até o momento nenhum time entre os seis primeiros colocados neste campeonato, incluindo o Atlético-MG. Em sete jogos, fez apenas seis pontos.

De jogo controlado a chance de derrota do Atlético-MG

A única falha de marcação do Galo no jogo, resultou no gol do Grêmio. A partida estava bem controlada pelo time mineiro, que teve chances de ampliar, mas não conseguiu “matar” o jogo e sair com importantes três pontos, que lhe colocaria na “cola” do São Paulo.

Grêmio fica mais longe do título

Com 51 pontos, o time gaúcho vê a briga pelo campeonato se concentrar entre os quatro primeiros da tabela. O time de Renato Gaúcho teve duas chances seguidas em casa de subir na tabela, contra Palmeiras e Galo, mas fez apenas dois pontos.

Torcida do Galo é para que os confrontos diretos tirem pontos dos rivais

Com o jogo nas mãos, o time mineiro agora terá de fazer sua parte e torcer para que os concorrentes ao título, que irão fazer duelos diretos, percam pontos. Assim, o alvinegro pode continuar sonhando com a conquista do Brasileiro.

Próximos jogos

O Grêmio entra em campo novamente no dia 24 de janeiro, domingo, contra o maior rival, o Internacional, no Beira Rio. Já o Galo encara o Vasco, sábado, 23, às 21h.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários